Nova Perspectiva

18 de maio de 2018

Tá na hora de você escolher por você

Chega! É, isso mesmo garota: chega! Chega de continuar se entregando pra uma história que cê tá escrevendo sozinha, chega de continuar insistindo em alguém que já desistiu de caminhar ao seu lado, chega de continuar tendo esperança de que ele vai se dar conta do que perdeu e voltar pra te pedir mais uma chance. Ele não está arrependido, pelo contrário, ele não está nem aí pra você. Chega de continuar querendo perdoar cada vez que ele te machuca, chega de passar por cima dos seus sentimentos só pra não abrir mão de um amor que nem existe. Ele não merece, acho que nunca mereceu, e já passou da hora de você entender isso.

Eu sei o quanto cê queria que desse certo, e sei também o quanto você insistiu pra dar, o quanto se esforçou, mas essa é uma daquelas coisas que não dependem só da gente pra acontecer, é preciso que seja recíproco, que o outro queira também, e ele nunca quis dar certo com você. Tá me entendendo? Então, por favor, não se culpe por acabar assim! Você não tem culpa de nada. É só que tem finais que são inevitáveis, o de vocês era um deles. Cê tentou de todas as formas fazer acontecer, brigou contra o mundo, virou sua vida do avesso, passou por cima de tudo, de todos e até de você mesma, mas a gente não pode obrigar ninguém a nos amar também. E também não podemos permanecer em quem não tem amor suficiente pra fazer a gente ficar. É por isso que está na hora de você ir.

Este é um daqueles momentos em que precisamos aceitar que não dá mais, que não tem o que fazer, e ir embora mesmo querendo ficar. Eu sei que falar é fácil pra quem está de fora, pra quem não sente nada, e que pra você não tão simples assim. Eu sei que seu coração está pedindo pra você continuar apesar de tudo e que dói ignorar esse pedido. Mas me escuta, é melhor chorar de uma vez por todas porque acabou ao ficar cultivando expectativa de uma coisa que nunca vai pra frente. Cê já tá sofrendo de qualquer jeito. Percebe? É solitário demais viver sozinho uma história de amor, é patético te ver apostando as suas fichas em um romance que não existe, é triste te assistir correndo atrás de alguém que some e só aparece quando está carente e não tem mais ninguém pra procurar. Você não precisa passar por isso!

Recolhe o pouco de amor próprio que te sobrou, apaga os vestígios que ainda existem de vocês, esconde as lembranças e esquece os planos que você fez sozinha. Não vai existir casa na praia, viagem pra noronha, dois filhos e um cachorro. Não vai existir felizes para sempre. Pelo menos não com ele, mas o que você não consegue ver agora é que isso pode existir com tantas outras pessoas que chega ser desperdício acreditar que sua vida acabou. Pode, inclusive, existir com você mesma. Já pensou? Ser feliz todos os dias só por descobrir que todo amor que precisa mora bem dentro de você. Enxuga os olhos, passa um batom, coloca seu vestido favorito, fecha esse livro e, pela primeira vez em muito tempo, se dê uma chance. Tá na hora de você mudar o foco, tá na hora de você escolher por você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.