Nova Perspectiva

22 de maio de 2018

Eu preferi desistir de nós

Quem disse que amar cansa, tinha razão. Eu cansei. Cansei de você, das nossas brigas, dos nossos desencontros, das suas promessas, das suas mentiras e da nossa história toda errada. Mas eu não cansei do dia para noite não moreno. Aliás, levou bastante tempo até eu conseguir recolher as minhas expectativas, a minha esperança, a minha vontade de dar certo e ir embora. Antes disso, eu insisti muito em nós dois. Insisti porque eu te amava e não há nada mais difícil do que abrir mão de alguém enquanto ainda existe amor.

Eu cansei de esperar você perceber que estava me perdendo, que eu não ia te esperar para sempre, que eu não tinha todo o seu tempo pra continuar aqui. Cansei de tentar te mostrar que cê não vai encontrar outra de mim tão fácil por aí. Cansei de tentar te fazer enxergar que cê tá jogando fora uma história pra vida inteira só pra poder curtir romances que mal duram uma noite. Cansei de tentar te convencer que a gente valia a pena. Cansei de chorar por você. Cansei de falar que uma hora a farra, a bebida e as mulheres vão perder a graça e eu não vou mais estar aqui. Cansei de fazer papel de idiota, de ficar feito boba aguardando o dia que você vai cansar e resolver ficar. Cansei de nós. E a culpa é toda sua.

Até quando as minhas amigas começaram a falar que eu estava fazendo papel de ridícula, eu escolhi continuar acreditando e apostando em nós, não que eu não achasse que elas tinham, porque eu sabia que elas estavam com a razão, nunca fui cega, mas mesmo assim eu queria acreditar que você ia mudar pra que a gente pudesse dar certo. Eu sentia que se eu abrisse mão da gente estaria desperdiçando todos os momentos felizes, jogando fora todos os nossos planos, destruindo todas as nossas promessas, mas o que eu não percebia é que não abrir mão de você estava fazendo com que eu abrisse de mim. Você me deixou sozinha nessa, me deixou sozinha lutando contra o mundo por uma história que nem existia de verdade, e foi por isso que eu resolvi ir embora.

Não foi fácil fazer essa escolha moreno, ainda não tá sendo fácil, mas você tirou todas as minhas outras alternativas, você me deixou sem opção. Quando eu vi que não tinha mais jeito, que você não ia mudar, que as suas promessas iam continuar sendo da boca pra fora, que insistir era desperdiçar meu tempo, que você não ia deixar de sumir sem avisar e aparecer só quando tivesse sem outra coisa pra fazer, que as mentiras não deixariam de existir e que eu estava ultrapassando o meu limite pra continuar, preferi desistir de nós. Agora eu só aposto em mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.