Nova Perspectiva

28 de janeiro de 2018

Tá na cara que ele não te ama

Para de tentar acreditar nessa história de que ele ainda não tá pronto pra namorar, no fundo você sabe que isso não é verdade! Não sabe? O problema dele não é com ter um relacionamento sério, mas com a ideia desse relacionamento ser com você. E isso nunca vai mudar! Para de ficar arrumando explicações pra se convencer a continuar insistindo nesse romance que já começou com prazo de validade vencido, que não deveria nem ter começado, acontecido. Para de se enganar com as desculpas esfarrapadas que ele inventa cada vez que resolve te fazer de trouxa. Para de fingir que não tá vendo o que está acontecendo, porque tá na cara que ele não te ama. Ele só quer se divertir.

Desculpa ser tão direta, mas alguém tem que te fazer acordar.

Se ele te amasse como diz que te ama, em vez de te enrolar todo final de semana pra sair com os amigos, chegaria de surpresa na sua casa com um buquê de flores na mão e um vinho na outra. Ou com a sua pizza favorita e um engradado de cerveja. Se ele te amasse mesmo, saberia qual é a sua pizza favorita. E a sua flor, e a cor, e o tipo de música que você mais gosta de ouvir. Mas ele não sabe nada disso, ele não sabe nada sobre você. Se ele te amasse, teria interesse em saber das suas histórias, em ouvir você contar do seu passado e falar dos seus sonhos, dos seus medos, dos problemas que você enfrenta, mas ele só tá preocupado em curtir o momento te dando alguns beijos antes de ir embora. Se ele te amasse de verdade, não iria querer ir embora e nem mudaria o assunto quando o papo tá ficando sério. Ele ia querer que ficasse sério. Mas não quer.

Se ele te amasse, largaria todos os outros contatinhos ativos na agenda do celular porque não teria interesse em manter nenhum deles. Mas ele tem. Mesmo que você prefira não enxergar, mesmo que te doa aceitar, você não é a única. E ele não pretende fazer com que você seja. Se ele te amasse, mas amasse mesmo, não ligaria de postar fotos ao seu lado e nem de te apresentar pros amigos dele. Ele não acharia ruim passear de mãos dadas, ter encontros românticos e te levar pra almoçar com a família. Pelo contrário, ele iria adorar fazer tudo isso com você. Se ele te amasse, não ficaria arrumando desculpas pra não ter que te assumir. Nem criando argumentos pra te convencer que assim já está ótimo e é bobeira mexer no que já tá bom. Não tá e você sabe bem disso, mas fica se forçando a aceitar essas migalhas que ele te dá por medo que ele vá embora, de que adianta ter alguém que não é seu?

Se ele te amasse, esse texto não te incomodaria feito um espinho preso no dedo que não para de doer, você não sentiria seu estômago revirar enquanto lê essas palavras e esse nó de raiva não se formaria na sua garganta. Você não teria vontade de gritar. Nem de chorar. Mas você sabe que eu tenho razão. E eu posso ficar o dia inteiro listando todas as coisas que ele faria se te amasse, mas que não faz porque não te ama. Como te levar pra ver o pôr do sol e passar o dia te mandando mensagens no WhatsApp. Como ter uma música pra lembrar de você e não estar sempre ocupado demais pra tudo que você quer fazer. E não sumiria de repente te deixando sem entender o que você fez de errado. Porque ele sempre faz isso! Não faz? E a verdade é que o único erro que você comete é continuar acreditando nessa história enquanto deveria largar o barco e ir ser feliz.

Não adianta continuar tapando o sol com a peneira, porque a luz entra do mesmo jeito e incomoda, arde, queima e dói. Não adianta empurrar a poeira pra debaixo do tapete, ela vai continuar saindo a cada discussão, a cada mancada que ele der, a cada vez que você olhar um casal na rua e pensar que podia ser vocês, mas que ele não quer. E nunca vai querer. Ele vai embora assim que cansar de brincar com você, vai embora quando resolver que seu beijo já não é tão bom e o resto não tem tanta graça como tinha antes. Ele vai embora. Cedo ou tarde, vai pegar as coisas dele e cair fora. E você sabe disso. Não adianta insistir na esperança dele mudar de ideia, a gente não manda no coração e o dele não tem espaço pra você entrar, mas o seu ainda pode bater por outras pessoas se você aceitar que lá fora tem muito mais pra conhecer.

Abre mão dessa história que você tá vivendo sozinha e deixa espaço pra quem realmente te ama de verdade entrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.