Nova Perspectiva

26 de janeiro de 2018

Quem quer, faz de você prioridade! Quem não quer, te faz de opção!

Quem quer, quer agora, já! Quer imediatamente! Não quer amanhã, quer hoje! Não quer esperar arco-íris, não quer esperar amanhecer, parar de chover ou anoitecer. Quer na hora!

Quem sente saudade, não manda mensagem, aparece na porta — mesmo que quilômetros separem, mesmo que vá a pé, de bicicleta, ônibus, carona ou na boleia de um caminhão. Quem quer ficar, não espera você pedir, só fica. Quem quer, não fala, faz! Quem quer, não pensa, realiza. Vai te mandar bom dia, boa tarde, boa noite, bons sonhos, saber como foi seu dia. Vai se preocupar com sua TPM — se você for mulher, claro — e vai aparecer na porta da sua casa com seus chocolates prediletos.

Quem quer, não vai reservar um “tempinho” para você. Vai reservar o restante da vida e mais a eternidade. Não vai querer que você abra mão dos seus sonhos, vai sonhar com você todos os dias. Não vai te recriminar, vai te aconselhar. Vai fazer planos com você, pensando num futuro a dois sem pensar em outro alguém. Vai querer reviver todos os momentos que vocês tiverem juntos.

Quem quer, vai fazer de você a pessoa mais feliz e segura do mundo. Vai te abrigar no coração e ser abrigo no seu. Vai sorrir a cada mensagem sua. Vai fazer dia virar noite, transformar o impossível no possível, vai fazer chover, vai fazer ensolarar e vai transformar dia de semana em feriado. Vai acordar pensando o quanto é bom te ter mais um dia e vai dormir agradecendo pelo mesmo motivo.

Quem quer, vai fazer mundos e fundos para dar certo. Quem quer não tem medo de nada. Quem quer, quer e pronto. Não tem vírgula, não tem página virada, não tem reticências. É uma enciclopédia sem pontuação. Quem quer, não tem desculpa! Não tem “não tenho tempo”, “hoje não dá”, “não tô afim”, “tô com preguiça”.

Quem não quer, sempre vai te fazer de segunda opção, vai te procurar quando não tiver nenhuma outra pessoa. Até vai te querer, mesmo sendo opção, mas é um querer morno, chocho, sem empolgação. Você será sempre aquele contato de emergência para quando a carência bater. Vai ser o plano B. Será sempre aquele fim de festa. Quem não te quer, não vai se preocupar com você, com seus problemas e sempre vai responder monossilabicamente quando você precisava ouvir uma frase inteira daquele alguém. Não vai ter abraço e nem acalento nos braços de quem você tanto considera.

Quem quer, arruma um jeito, quem não quer, arranja uma desculpa. Mas de verdade? Quem quer, faz de você prioridade. Quem não quer, te faz de opção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.