Nova Perspectiva

26 de novembro de 2017

Eu tenho certeza que você é o amor da minha vida

É amor, eu sei que em alguns momentos parece que nós não fomos feitos um para o outro. Sei que tem horas em que a gente só briga, discute, bate boca, discorda e faz tempestade em copo d’água. E que às vezes isso faz a gente duvidar da gente, mas eu também sei que tudo isso é bobeira perto do que sentimos um pelo outro.

Não importa quantas pedras apareçam no nosso caminho e nem quantas tempestades a gente tenha que enfrentar, porque é com você que eu quero passar o resto dos meus dias. Tá me entendendo? É com você que eu quero estar nas minhas tardes tediosas de domingo e nas sextas-feiras animadas depois do trabalho. É com você que eu quero curtir a noite sem pensar no amanhã, encher a cara na balada e ainda cuidar da ressaca no dia seguinte. É com você que quero aproveitar o combo Netflix e edredom com um balde de pipoca junto.

É com você que eu quero estar mesmo que alguns dias sejam nublados e faça frio e pareça que nada vai dar certo. É com você que eu quero fazer dar, mesmo que a gente tenha que lutar contra o universo pra conseguir. É com você que eu quero planejar o futuro, sair por aí um uma mochila nas costas e conhecer cada parte do mundo. É com você que eu quero construir uma família, escolher a cor das paredes e os móveis de casa. É com você que eu quero me afundar no sofá da sala enquanto as crianças correm de um lado pro outro e a gente ri de alguma história engraçada do passado. É com você que eu quero ter histórias.

Sei que não sou muito adepta dos clichês, mas você me faz acreditar em contos de fadas reais. E é por isso que eu te escolhi pra dividir as contas, a cama e a vida. É por isso que eu quero o seu sorriso preenchendo os meus dias e os seus “eu te amo muito muito muito” ensolarando as minhas manhãs. É com você que eu quero dormir e acordar feliz por saber que mais tarde ainda te encontro em casa. É com você que eu quero estar “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza”. É com você que eu quero sonhar acordada mesmo daqui dez, vinte, cinquenta anos.

Pode ser que ninguém bote muita fé na gente, que digam que é passageiro, que não vamos muito longe, mas eu acredito na nossa força e a gente ainda vai conversar sobre como todo mundo estava errado quando diziam que a gente não tinha nada a ver. Porque eu sei que eles estão. Eu tenho certeza de que você é o amor da minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.