Nova Perspectiva

19 de novembro de 2017

Eu cansei de nós dois

Na boa moreno, chega! Chega de tanta discussão, de tanto bate boca, de tanta briga a toa, sem motivo, sem razão. Chega de tanta decepção e de tanta mágoa. Já deu pra mim tudo isso e dessa vez eu to falando sério. Ultrapassei o meu limite pra ficar com você, mas agora não dá mais pra continuar. A gente fica arrastando o fim com a barriga, como se desse jeito fossemos conseguir salvar alguma coisa, mas está óbvio que já acabamos. Não existe mais nós. Não tem mais história pra gente continuar.

É claro que me dói dizer adeus, me despedir de tudo o que eu achei que ainda viveríamos juntos, mas o nosso fim chegou já faz um tempo e dessa vez eu não vou fingir que não to vendo. Dessa vez eu não vou pensar mais um pouco, não vou voltar atrás e nem te dar mais uma chance. É que, moreno, eu já gastei todas as minhas fichas acreditando que você ia mudar, que você ia melhorar, mas você não vai. E eu to cansada! Cansada de insistir em fazer dar certo o que já deu errado, de recomeçar e acabar vivendo a mesma coisa de sempre, de acreditar que vai ser do jeito que eu sonhava e voltar pro mesmo pesadelo.

Nunca achei que eu fosse dizer isso, mas eu não aguento mais continuar aqui, continuar com você. Eu não aguento mais ficar engolindo o choro pra fingir que está tudo bem, não aguento mais as nossas indiretas, as nossas provocações infantis. Eu não aguento mais esse nosso relacionamento iô-iô, cheio de tanto vai e volta que não consegue mais sustentar o nosso amor. Não aguento mais ficar me convencendo de que nós somos perfeitos um para o outro. Não somos! Não importa o quão incrível é o nosso beijo ou como os nossos corpos se encaixam perfeitamente, você não nasceu pra mim. E tá na hora da gente aceitar isso.

Quantas vezes nessa vida nós já não tentamos de novo? Quantas vezes não juramos que seria a última vez? Já perdemos tempo demais com isso moreno, já perdemos tempo demais um com o outro. Eu não quero mais continuar aqui, não quero mais bater com a cabeça na parede. Eu não quero mais tentar e me desgastar em vão. Eu não quero. Isso tudo tá pesado demais e eu não consigo mais carregar, eu quero um amor leve, que me traga paz, e não o nosso caos, o nosso furacão. Eu preciso de alguém que me dê segurança, a nossa instabilidade me destrói. E até teve graça viver isso no começo, mas agora acabou. Pra sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.