Nova Perspectiva

13 de outubro de 2017

Você é incrível do jeitinho que é

Ei, olha aqui pra mim garota: você é linda! Tá me ouvindo? Vou repetir: Você é linda! E não, você não precisa ter o mesmo corpo de fulano ou o mesmo cabelo de ciclano. Você não precisa ser mais alta, mais magra, mais loira. Você não tem que parecer com a moça da novela das nove, nem ter o sorriso certinho daquela modelo ou a barriga chapada da nova musa fitness do instagram. Você não tem que ser igual à nenhuma outra, porque você já é incrível do jeitinho que é.
Eu sei, às vezes é difícil de se olhar no espelho sem sentir vontade de ter nascido outra pessoa, como se ser quem você é pudesse ser ruim. É difícil encarar os seus defeitos sem que eles te engulam, te enlouqueçam… Mas o que é um defeito? Estar acima do peso? Não usar as roupas da moda? Não ter o cabelo de determinado jeito? De determinada cor? O que é ter um defeito? Ser diferente? Porque pra mim defeito é não ter caráter, é matar, é ser cruel, egoísta, maldoso. Defeito é machucar os outros, ofender, maltratar. Ser diferente não é um defeito!

A sociedade e seu maldito padrão quer obrigar que nós sejamos iguais. Mas a gente não tem que ser. Não somos bonecas, não somos enfeites ou itens de decoração. Não somos produtos pros outros modelarem. Eu não quero que a gente seja igual. Não quero que eles nos moldem. Nós somos diferentes e somos maravilhosas assim. Não se cobre por não ser o que eles querem, não se menospreze por não conseguir se enquadrar no que eles ditam. Você é especial justamente por não ser como eles querem que você seja. Então para! Para de se maltratar, de se judiar e de sofrer por isso.

Agora vai, se olha no espelho e sorria. Ninguém pode te amar por você, então se ama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.