Nova Perspectiva

22 de agosto de 2017

Tem mais do que te mostro

Tenho algumas manias estranhas que você não entende, eu sei. Mas não é por mal. Eu me ausento sem perceber e te deixo entender que não quero estar presente, só que não é bem assim. Às vezes eu não consigo assumir o controle da minha própria vida, acredita? Parece que o meu corpo inteiro desobedece minhas ordens. Talvez você não queira saber, mas, eu só posso te dizer uma coisa: eu apanhei muito. Encontrei pessoas ao longo do tempo que me fizeram desconfiar de tudo. Eu criei um escudo que não permite me deixar levar tão facilmente. É um escudo forte, porque eu precisei ser muito forte para conseguir me recuperar dos tropeços que levei.


Tem mais do que te mostro.

Tem mais de mim que você não conhece, que você não vê, porque eu prefiro esconder por medo de você correr quando perceber. É automático. Você está aqui agora e diz querer ficar, mas não pode me garantir que amanhã, ao acordar, continuará ao meu lado. Você mudou muito com o tempo. E eu precisei ir guardando algumas coisas por conta dessa incerteza que levo comigo.

E eu não te culpo.

Ninguém tem que viver no escuro por medo de se apaixonar a ponto de correr riscos. Correr riscos faz com que a gente aprenda, não é? E eu aprendo um pouco mais com você todos os dias – sobre você também. E é por aprender tanto que eu não consigo mostrar tudo o que tenho – e prefiro guardar para mim. Meu coração me diz que é melhor assim. Ele nunca errou nos sinais que me deu, e quando não dei ouvidos, ele acabou se machucando por erro meu.

Todas as surras que a vida me deu me fizeram ficar assim. Mas olha, não se afasta de mim. Sei que às vezes cê perde a paciência comigo, eu mereço, confesso, mas ainda sou eu e ainda estou aqui para ti. Não sei o que houve para você ficar assim, só que eu não vou conseguir tirar o que tem aqui dentro enquanto não sentir segurança vinda de você. Enquanto não confiar. Enquanto não acreditar que você veio para ficar. É difícil conseguir confiar se você não mostra – eu não vou cometer os mesmos erros.

Se a sua intenção não é ficar, pode ir embora antes que eu precise partir por conta própria. Eu prefiro. Você quis entrar no meu mundo e não consegue aceitá-lo do jeito que ele é. Tem mais do que te mostro, mas você só irá descobrir quando mostrar que veio pra ficar. Eu cansei de apanhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.