nome blog

11 de agosto de 2017

Eu me esqueço de esquecer você

Clique aqui para escutar Keep forgetting to forget about you - Jojo
Eu sei que deveria tentar te esquecer. Sei que quando você colocou o pé na estrada pra realizar os seus sonhos, estava implícito de que meu dever era guardar os nossos planos na mala. Eu sei que ao invés de me aproximar e querer acompanhar cada passo que você dá por aí, eu deveria me focar em te deixar pra trás.  Mas sabe o que é, rapaz? Eu vivo me esquecendo de esquecer você. Eu juro que te coloco em todas as minhas listas de pendências. Eu me prometo que dessa vez, pelo menos hoje, eu não vou olhar o seu Instagram. Eu faço apostas comigo mesma pra não apertar o botão verde do celular e acabar te ligando - mesmo que eu viva me perdendo no caminho. Eu esqueço da dieta, esqueço de pagar a conta de gás, esqueço que não preciso pegar a sua rua pra ir pra faculdade, mas o seu rosto eu não consigo esquecer.

Eu me pego lembrando das nossas risadas, dos filmes que assistíamos juntos, da maratona de séries que prometemos fazer e não tivemos tempo. Me pego pensando nos teus erros, nas nossas brigas e nos nossos beijos, que sempre acabaram colocando tudo no lugar. Será que se você estivesse aqui, eu teria que te esquecer? O " E se"que você deixou desenhado em mim é tão difícil de apagar que eu quase não me lembro de pegar a borracha. Parece até que meu hobby favorito é me torturar com o "nó" que desatou quando não deveria desatar. Mas a verdade é que dói, mas também me conforta. Saber que você foi um capítulo da minha história é algo que me alivia. Eu não te imaginei, você aconteceu. 

Por vezes, eu me lembro de desejar que você não tivesse acontecido, mas era só a raiva falando. Não era eu, não era você. Não era pra ser desse jeito. Eu não queria que você fosse embora de verdade, mesmo quando eu te mandei ir. Eu não sabia que a vida ia dar um jeito de te mandar pra tão longe.  Não sabia que ia me deixar tanta saudade. Não sabia que ia ser tão complicado te deixar partir - mesmo que você já tenho partido. Eu faço planos de sair. Eu marco com os amigos, eu pego a maquiagem que eu mais gosto, eu arrumo o cabelo de um jeito diferente, mas aí me deparo com a blusa que você me deu e caio no mesmo ciclo. Parece que em todos os lugares que eu vou, tem um pouquinho de você. Parece até que quando você partiu, deixou partes suas comigo. Eu tento beijar outras bocas, gemer outros nomes e até mesmo planejar algo novo, mas parece que você está tatuado na minha pele. 

Eu sei que deveria ser como virar uma página, fácil, rápido e indolor. Mas não é. Eu me esqueço de virar a última página que contém seu nome, talvez  porque eu adore vê-lo escrito em negrito. Ou talvez porque eu saiba que daqui pra frente, não é você. Eu me esqueço de esquecer você porque eu tinha certeza de que não precisaria te esquecer jamais. Eu tinha certeza que eu e você éramos pra ser. Eu sabia que estaria interligada contigo e que não iria precisar cortar o fio que nos juntava. Eu me esqueço de esquecer você por medo de como será quando eu não te amar. Eu me esqueço de esquecer você porque é mais fácil do que apagar o seu número

Eu me esqueço de esquecer você por medo de me esquecer junto. Chegou mensagem sua, meu coração acelera e eu me pergunto "E aí, será que aprendo a deletar hoje ou amanhã?"

0 comente aqui:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.