nome blog

25 de agosto de 2017

Ela é a minha garota


Ela é a minha garota. E se alguém ousar machucá-la terá de se ver comigo. Porque ela é toda minha preciosidade. Aquele tipo de pessoa que te escuta mesmo quando teve um dia de cansado e vai te dar extrema atenção seja qualquer o assunto que você queira comentar - desde alguém que você conheceu a algo que você almoçou durante o dia. Ela é uma gênia, mas as vezes faz umas coisas tão idiotas que eu faço questão de jogar na cara que eu avisei. Porque eu sempre aviso. E ela me avisa. E a gente continua errando todas as vezes, escutando os mesmos sermões e voltando aos mesmos conselhos que entram por um ouvido e saem pelo outro.

Ela é boa demais pro mundo e nem se dá conta disso. Tem um coração enorme pra vida, essa mania dela de querer ser amiga de todo mundo. E consegue. Todos gostam dela, como não gostar? Ela tem o brilho todo das estrelas no olhar. Determinada e teimosa, do jeito que qualquer pessoa que quer chegar longe tem que ter. Ela faz as coisas acreditando com a alma que vai dar certo e compra a briga que for quando tem certeza de que está certa. E ela sempre está. Infelizmente até eu tenho que admitir as vezes. Toda organizada e perfeccionista, as coisas têm que ser do jeito que ela quer e tem que ser incrível, porque se fica um fio fora do lugar...ela refaz tudo do 0. É uma garota de ouro. Eu tenho que assumir.

Ela é aquela pessoa que consegue trazer toda a calmaria que eu preciso quando o mundo está desabando. Ela é aquela que sabe exatamente o que dizer na hora certa, até quando eu não quero escutar. Ela me cuida como mãe, me trata como irmã e vive nessa terra como um anjo que caiu do céu para aguentar todas as minhas crises - de risos e de choros. É pra ela que eu olho quando as coisas não estão indo bem e é ela quem tem o olhar que diz tudo sem sair uma palavra da boca. Ela tem o abraço mais sincero do mundo e os xingamentos da boca pra fora que mostram o quanto ela gosta de mim. Mesmo sem ter nenhum apelido carinhoso ou jogando na minha cara as besteiras que eu faço, quando a coisa aperta, ela é a primeira a aparecer.

Temos muito em comum. Como o gosto pelo café, pelas cores claras, pela arte de escrever e por aqueles livros românticos que a gente já sabe o fim e lê mesmo assim. E também é oposta a mim. De não ter medo de se jogar de cabeça pra qualquer coisa enquanto eu penso mil vezes antes de tomar qualquer decisão na vida. Acho que temos o equilíbrio perfeito, porque quando me falta a coragem ela vem e me dá o empurrão e quando ela tende a não pensar muito eu entro com a voz da razão. E somos assim, uma da outra. E nem precisa de mensagem 24 horas por dia, ou de sair todos os finais de semana, ela é aquela amizade que fica pra sempre. E amizade boa é assim, que quando se falam, parece que nunca deixaram de se falar. Ela é a minha garota. E se existisse garota mais pentelha que ela, não seria tão minha metade da laranja como ela é.


  • Texto dedicado a Gabi Freitas – Feliz aniversário amiga! Te amo infinito. Cê sabe.
  • Se você gostou do texto, pode encontrar mais deles no meu blog, pode me ver no youtube e me acompanhar pelo instagram 



0 comente aqui:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.