nome blog

8 de maio de 2017

Um homão desses, bicho

Já ouvi relatos sobre esse tipo de homem. Dizem que ele é forte, sabe o que quer e faz o possível para fazer a outra pessoa feliz. Falam também que ele é paciente, que não se estressa com dramas e, se faz isso, esconde. Porque ele sabe que qualquer coisa nessa hora pode magoar, então ele guarda pra si. Faz isso pela mulher amada. Aliás, ele faz muitas coisas por ela.


Relatos me confirmam que ele existe. Que muitas pessoas já encontraram e outras o deixaram escapar. Por algum motivo, não se sabe porque, talvez por falta de certeza, por acreditar que ele poderia não ser o melhor. A gente tem mesmo essa duvida sabe? Achamos a pessoa perfeita demais e temos medo. Medo de sermos felizes o suficiente para deixar os outros com inveja. Querendo ou não a gente se preocupa com “os outros” e deixamos nossa felicidade escapar. Não que a felicidade seja guiada por uma pessoa, mas é sempre bom ter alguém para apertar as mãos na hora do medo.



Os que já encontraram e continuam ao seu lado disseram-me que ele é sim de verdade. Não é nenhuma invenção da nossa cabeça criada pelos filmes da Disney. Ele não é um príncipe. É real. Tem seus defeitos, suas manias, mas faz o possível para melhorar, porque sabe que é isso que a vida pede. Mudanças. De dentro pra fora. Ele não sabe agradar uma mulher. Não. Ele de fato a conquista. Não está ali para passar a noite, mas para enfrentar a vida. Pra ele você não é um desejo, não é um querer, é um “preciso”. Não de uma forma possessiva, essa palavra não combina com ele. Sabe que ambos nasceram para serem livres para escolher, pra ter voz própria e pra ajudar quando necessário. Porque ele entende que o amor é uma via de mão dupla.

Se ele gosta de você, vai te fazer perceber isso. Se chegar pedindo, vai ser de um jeito que te fará suspirar. Não será nada exagerado porque o único exagero serão as batidas desenfreadas do seu coração. Ele vai te ajudar com o chuveiro de casa e com o pote de picles que você nunca conseguiu abrir. Ele vai te ajudar, dizer o que acha errado e o que poderia ser certo e entenderá suas negações, mesmo não aceitando você saberá que ele só quer o seu bem. Ele dirá muito “não”, mas é porque ele tem opinião própria assim como você. Ele deixará de ir para alguns lugares para ficar ao seu lado, do mesmo jeito sairá de perto para ficar um pouco com os amigos. Ele é um homão porque sabe dividir seu tempo. Pode não ser do tipo que poderia ser um modelo de tão lindo, mas pra você sim. Sempre é.

Ele não é um homão por ter um sorriso arrebatador. As vezes ele mal consegue falar. Outras prefere a solidão, mas ele te conhece e é isso que o transforma em um grande homem. Um homão da porra!

LEIA MEU LIVRO: O JOGO DA VERDADE
ME ACOMPANHE: FACEBOOK - INSTAGRAM
LEIA MAIS TEXTOS NO MEU BLOG

1 comente aqui:

  1. Ele existe sim! Confirmo! É a minha pessoa que podemos ter do nosso lado :D

    Beijo

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.