nome blog

3 de março de 2017

Eu poderia me apaixonar por você

Eu poderia me apaixonar por você. Discutiríamos sua teimosia e insistência ao pensar em mil motivos para nos encontrarmos, sempre dando um jeito em todos os empecilhos que arrumo justamente para não me apaixonar. Até me acostumaria com seus olhos pousados nos meus, como quando você para de falar e gasta seu tempo só me observando ficar vermelha de vergonha. 


Apaixonaria pelo seu jeito descontraído de encarar a vida, que não se preocupa com tudo ao redor fazendo meu coração ansioso desacelerar e bater no mesmo ritmo do seu. Logo eu que sempre fui tão preocupada com cada pequena coisa que me cerca, encontrei paz sem procurar. 

Não me importaria se quisesse parar numa multidão só para chegarmos num acordo e assumirmos um ao outro o quanto este sentimento, mesmo que novo e pequeno, é recíproco. Eu te beijaria ali mesmo, sem receio de parecer louca aos olhos de quem está de fora, porque não é mais uma opção perder momentos com você. 

Você já sabe e deve ter percebido esses muros altos tipo de Berlim que eu construí à minha volta para não correr o risco de me deixar levar por pessoas vazias que só oferecem companhias que não duram uma estação, então perdoa esse meu medo de me entregar e deixar estampado no rosto como estou gostando de você. 

Eu sei que talvez eu seja marrenta demais, mas quando você descansa gentilmente sua mão sobre minha perna e me olha na esperança de que te faça um cafuné na cabeça, você quebra vários tijolos desse muro gigante que possivelmente esteja me protegendo de algo que eu não deveria ter medo. 

Jurei de pé junto que não escreveria mais sobre sentimentos como esse, mas você fez as palavras se remexeram aqui dentro e eu não pude mais guarda-las, porque talvez você pense em mim numa noite como essa entre meia noite e uma da manhã. Talvez você esteja pensando em mim agora, ao mesmo tempo em que eu perco o sono rolando na cama e lembrando de nós dois juntos. Lutei contra isso, lutamos, mas eu poderia me apaixonar por você se você apenas olhasse pra mim e dissesse: vem, pequena?

_
Ei, tudo bem? Se você gostou do texto, pode acompanhar também no meu blog, o 1 Quarto de Café, clique aqui.

0 comente aqui:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.