Nova Perspectiva

27 de fevereiro de 2017

O mundo não acabou, porque vocês acabaram

Eu sei que você já esta calejada. Também sei que as paredes do seu quarto não aguentam mais ouvir tantos resmungos e palavrões. Eu sei que a sua fé anda abalada, seus olhos ardem de tanto que chora, e o coração que reclama de tanto esparadrapo que você tem colado nele em busca de que tudo isso sare logo. Ah, moça! Queria te contar que essa dor não é só tua. Esse tormento todo não é merecimento seu. Acorda! Tem vida lá fora, tem gente que realmente gosta de você afim de entender o porquê de tanta fossa. Se trancar dentro de você só demonstra fraqueza e desamor por você mesma. Você está bem longe disso que eu sei. O amor tem dessas coisas, e apostar todas as fichas em quem a gente jurou amor eterno é quase que requisito de quem vive frustrações em relacionamentos mal acabados.


A gente espera que dure para sempre, mesmo porque entrar em um relacionamento com alguém é pensar em futuro a dois, desejando o bem do outro e por aí vai. A gente deposita grandes expectativas até que o outro coloque tudo a perder. O peito dói, o chão se abre, a cabeça pensa inúmeras bobagens. Eu sei como é, e posso dizer? Você não é a única a perder o suposto amor da sua vida. Então, deixe de besteira. Eu não estou falando pra você sair por aí querendo abraçar o mundo com as pernas, você não precisa disso. Também não é pra ressuscitar aquele contato esquecido na sua agenda e já ir logo escancarando um ''Tomei um pé na bunda e preciso de você pra me consolar!" Não é assim que a banda toca e é preciso se valorizar e não colocar tudo a perder de novo.

Não é se entregar só porque existe mágoa em seu peito e precisa provar que superou e bola pra frente. Não é assim! Você não precisa provar para os outros que mudou de fase e que anda feliz o suficiente para não pensar em excesso. Você tem que ser melhor pra você, provar dia após dia que sim, dá pra sair ilesa de um fim de relacionamento, e que apesar dos contratempos todos, fica o que foi mais bonito e intenso. Pare de pensar nas coisas ruins que te fazem remoer mágoas e frustrações. Pare de se questionar, de se culpar, de achar que não vai surgir nenhum cara que te faça querer viver tudo que você se dispôs com seu ex. Pare de postar indiretas nas redes sociais, de vasculhar o perfil dele, de curtir as fotos em que ele saiu com os amigos para curtir uma balada que você era muito afim de ir e ele nunca foi com você. Pare de querer marcar território, de vasculhar os passos dele e até a última hora em que ele visualizou o whatsapp.

Quer mudar de vida? Então deleta ele da sua vida de uma vez. Vocês sempre se deram bem? Beleza, parabéns! Sua vida agora é seguir sem ele, então faz um favor pra você mesma? Se desconecta dele. Ele não vai poder te acrescentar em mais nada e vice e versa. Acabou porque tinha que acabar, então não culpa o horóscopo, o universo, as amiguinhas dele, os invejosos de plantão... Não culpe ninguém e nem a si mesma, acabou porque "o pra sempre, sempre acaba" e carregar um relacionamento meia boca nas costas, empurrando com a barriga e mantendo status para os outros não tem graça alguma.

Quero que você entenda que términos são sempre muito difíceis, a gente não sabe como lidar e acha que nada vai ser como planejamos. O que você precisa é de tempo. Tempo para se reerguer, para colocar as coisas no lugar, tempo para se acostumar a não ter que listar seus passos, o que tá sentindo, o que tá pensando... Tempo pra viver consigo mesma, sem ninguém se importando com sua rotina diária. É difícil? Muito! Afinal, quem é que lida bem com a solidão? Mas acelerar o processo e a nova fase é não entender o que você realmente está precisando agora.

Fica bem, pensa que há males que vem para o seu bem. Se deixou de ser seu é porque você merece respirar novos ares e conhecer alguém especial que te faça querer apostar de novo, em algo novo. Deixa a mágoa de lado e se redescubra, uma hora deixa de fazer falta. Quando acaba o encanto nem aquelas lembranças boas fazem frio na barriga mais e as borboletas morrem sem explicação ou motivo claro.

Dê fim ao que já deixou de ser seu. A vida te pertence agora, se joga!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.