nome blog

19 de fevereiro de 2017

E se eu disser que já te amo?


No final da tarde de hoje me lembrei da covinha do teu sorriso. Sim, pareço tola ao dizer isso, mas foi a melhor parte do meu dia. Para ser mais sincera, não é a primeira vez que isso acontece: inclusive estou deitada e desejando muito que você venha e deite o teu olhar sobre o meu antes que o sono chegue.

Estamos juntos há 39 dias e não vejo problema algum de dizer que o que eu mais quero é multiplicar esses dias por 100.000, ou transformá-los em uma sequência infinita. Não importa o resultado desta equação, a única lógica disso é que estou te amando. Foi o entrelaçar de dedos naquele restaurante, onde tomávamos vinho e conversávamos sobre comédias stand up, que eu tive esta certeza. Naquele momento mergulhei no teu olhar, mesmo sem saber se o mar é raso, profundo, turbulento ou calmo. Só me deixei levar.

A verdade é que tudo aconteceu muito rápido, mas dizem por aí que o amor é urgente, então por que não ouví-lo na primeira vez que ele nos chama?

Sou mais que suspeita para falar, mas somos tão lindos juntos. O meu corpo é proporcional ao teu abraço, já reparou? Os meus pensamentos só descansam após o teu afago, e a tua boca já sabe de cor o caminho do meu pescoço até a minha boca. Rimos das coisas mais simples, cantamos os hits do momento juntos da forma mais desafinada, mas é o nosso jeito, patenteamos nosso desafino.

Você é esperto. Deixa a barba por fazer, porque sabe que ao deslizá-la no meu ombro direito, me arrepio. Faço questão de entrar no teu jogo e deixo as minhas unhas grandes de propósito, pois sei que gosta quando eu o arranho levemente no braço para pedir algo. 

Então por quê adiarmos a nossa felicidade? Nos entendemos tão bem, seja nas conversas que temos sobre família, séries e manias, seja na cama. O amor é para os que tem ânsia de amar, e o meu coração está aos pulos.

Confesso que não imaginava encontrar alguém que pudesse cuidar de mim tão bem e em tão pouco tempo, como você o faz. Tenho ciência de que posso estar tomando atitudes precipitadas, mas nunca estive tão certa em te dizer isso hoje. E você precisa saber: eu tô te amando.

0 comente aqui:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.