Nova Perspectiva

28 de janeiro de 2017

Vai garota, se joga


Não adianta continuar tentando esconder garota, todo mundo já percebeu você olhando de canto pra ele, como se tivesse observando um quadro raríssimo, mas não pudesse confessar que acha lindo. Todo mundo já se deu conta de como você fica quando ele chega perto, como se não soubesse o que fazer, como agir, como se voltasse a ser uma adolescente vivendo o primeiro amor. Todo mundo já descobriu a razão desse seu sorrisinho bobo, do olhar perdido e da sua cabeça estar tanto no mundo da lua. Ele tá te virando do avesso, não tá? E você não sabe o que fazer com isso.

Você tem medo, não tem? Se desespera porque não sabe perder o comando. Você sempre foi assim, meio metida a dona da situação, achando que pode controlar tudo e todos, ai de repente chega ele com aquele cabelo bagunçado e o sorriso de tirar qualquer um do sério, e tem a audácia de te tirar do eixo, de roubar o seu comando e nem se preocupa em perguntar se você se incomoda. É muito abusado mesmo! E o pior é que, ai no fundo, cê tá gostando disso. Mesmo meio assustada, mesmo se questionando vez ou outra se não é melhor sair correndo... Cê sabe que a essa altura nem adianta mais, ele já te bagunçou inteira, tirou tudo do lugar e tá com o cheiro colado em cada canto da sua vida.

Eu sei que você gostava de sair por ai dizendo que não tinha coração, que depois de uma decepção ele havia se tornado pedra, rocha, e ninguém conseguia fazê-lo derreter. Que curtia mesmo era se divertir nessas noitadas de bebidas e música alta, de passar o número errado e se divertir com a quantidade de cara que não saia do seu pé. Eu sei que você sempre passou longe de compromisso, que sempre gostou de fazer a linha "pega e não se apega", como isso fosse digno de prêmio. Eu sei que cê tem essa mania de se fazer de forte, indestrutível, mas olha pra você garota, olha como você fica cada vez que ele te manda uma mensagem, como você brilha por dentro cada vez que o nomezinho dele aparece na tela do seu celular. Tá tão na cara que você se apaixonou que não dá nem pra fingir que cê não percebeu ainda.

Não precisa fugir, nem lutar contra, você não precisa pagar de independente pra todo mundo ver que cê é segura, uma coisa não tem nada a vê com a outra! Esquece esse seu discursinho pronto sobre como amar alguém pode ser um grande problema e se joga! É isso que você quer, não é!? Eu sei. Porque ele chegou com essa cara de pau, como quem não queria nada, e foi logo conquistando tudo. Sabe seu coração de gelo? Pegou fogo! De repente cês já tavam dividindo os segredos de família, os sonhos e até os medos. Nós sabemos muito bem que ele já alcançou um lugar que nenhum outro tinha conseguido, que já ultrapassou suas barreiras, quebrou seus muros, pulou suas cercas e tá sentado bem no meio do seu coração.

Tudo bem não ser esse Everest todo que cê gostava de fingir, por ele vale a pena, não vale? A gente já sabe que cê fica sonhando acordada, pensando no nome dos filhos, no casamento, se vão ser um ou dois cachorros e se ele também gosta de gato. Que você imagina as tardes de domingo que vão ficar juntinhos, das festas que tão se tornando bem mais divertidas com ele, dos filmes que cê vai dormir na metade e ele rir depois. Você já tá criando diálogos e planejando o futuro, então não se esconde do presente! Não se faz de desentendida porque cê não tá entendendo nada e isso te deixa em pânico. Vocês já tem até música junto garota! Para com essa bobeira de ter de ser inalcançável, porque ele já te alcançou e, mesmo que cê tente, não vai sair dai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.