Nova Perspectiva

1 de outubro de 2016

Ele é de câncer


Ele é intenso, sente muito de tudo como se tivesse o coração do tamanho do corpo. E talvez até tenha. Por isso não consegue ser mais ou menos. É sempre 8 ou 80. Tudo ou nada. On e off. Agora ou nunca mais. Muito poderia ser seu sobrenome. E nem é questão de exagero não, é só que ele não aprendeu a limitar seus sentimentos. O canceriano ama com a alma, sem calma, mas quando é vazio transborda indiferença. Você pode ser a vida dele ou a próxima que ele vai esquecer o nome. Ou mais, ou menos, jamais algo em torno disso. Ele não entende o significado de meio termo, porque, pra ele, se for morno demais perde a graça.

Ele é sensível, vai saber quando algo não estiver muito bem, ainda que não fale nada esperando que você diga primeiro. Ele percebe muito mais do que os outros caras, parece que lê no nosso olhar o que a nossa áurea está tentando falar. E a escuta, pronto pra tentar ajudar. Nada nunca vai passar despercebido por ele. É emotivo também. Mas não com tudo ou o tempo todo como dizem por aí. Ele pode se tocar com uma propaganda de manteiga ou um filme de drama, como também pode ser indiferente a tudo isso. Depende do dia, do mês, do tempo, da vida. Não existe uma regra, então não tente traçar um perfil imutável desse cara como se ele pudesse se tornar previsível. Não vai. Deu pra perceber que eles são instáveis, não é? E isso pode ser bom se você for dessas fãs de quebra cabeça. Ele é um jogo difícil de montar.

Ele guarda dentro dele um pouquinho de tudo aquilo que viveu. Tem certo apego com o passado, como se ele mesmo fosse construído por cada uma daquelas experiências vívidas. Ele não esquece fácil, parece até que tem dentro do cérebro uma gaveta repleta de recordações. E ela vive aberta, nada de cadeados, ele gosta de lembrar, não de esquecer. Cada memória, momento e pessoa que tiveram importância em sua vida revestem uma de suas camadas. E ele tem várias. Pra se proteger, talvez. Pra não voltar a cometer os mesmos erros, com certeza. Ele toma cuidado pra não dar passos em falso, porque quando se atira não tem mais volta. Por isso o canceriano não costuma dar segundas chances, salvo exceções, ele acha burrice voltar ao mesmo lugar que já lhe rendeu machucados.

Ele é daquelas pessoas fechadas que não se entrega na primeira ou na segunda vez, mas depois de um tempo se escancara inteiro sem medir as consequências. Se você se apaixonou por um desses, vai com calma, mas não muita. Não invente situações mirabolantes ou crie armadilhas pra conquista-lo. Pra chegar no coração de um canceriano precisa ter verdade. Ele é pé no chão demais pra chegar as nuvens por qualquer cóceguinhas no estômago. Ele gosta de ser mimado, então não tenha medo de preparar surpresas e de dizer o que sente, pelo contrário, pode vomitar seus sentimentos em cima dele, desde que todos sejam de verdade. Ele precisa se sentir correspondido pra continuar seguindo ao seu lado e não voltar pra trás sozinho.

12 comentários:

  1. Gabi,amo seus textos❤
    Esses dos signos então...assim que você publica corro pra ler��
    Quando puder faz das meninas aquarianas,sou uma delas.
    Beijos você é linda e amo você e
    seu trabalho ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carol, muito obrigada pelo carinho ♥ mas o das meninas de signo quem fez foi a Mari Araújo, viu!? ^^

      Excluir
  2. Esperando loucamente pelo de Escorpião <3
    Amo seus textos, to sempre por aqui!
    beeeijos

    ResponderExcluir
  3. Quero logo o de Libra haha

    Uma amiga minha me mostrou os teus textos e to gostando...

    ResponderExcluir
  4. Amo de mais seus textos Gabi, sempre me identifico.

    Poderia fazer dos meninos de Libra? Obrigada :)

    ResponderExcluir
  5. Mandaram perguntar quem é o cara da foto.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Nossa . Me indentifiquei muito rsrsrs. Tenho o costume de me emocionar com aquelas propagandas da Unillever kkk .Choro e me emociono em Romances mais amo filmes de terror ao mesmo tempo . Sou de 21/07 ultimo dia de câncer.

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Nasceu pra sofrer. —FIM—
      Desse signo eu entendo. Hahaha!

      Excluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.