Nova Perspectiva

27 de outubro de 2016

É ele, não é?

É ele, não é menina? É ele que tá fazendo com que você passe noites e noites e noites acordada, sonhando com histórias que podem nem vir a acontecer. É ele que esta te deixando com essa cabecinha toda avoada, esquecendo de tudo o tempo inteiro. É ele, não é? Que esta fazendo o seu coraçãozinho bater acelerado, como se o mundo estivesse acabando e você precisasse correr, correr e corre e correr, só que o mundo não ta acabando, pelo contrário, e é ele que te faz acreditar que ainda tem muito mais pra se viver.

É ele, não é? Que meio que tirou o seu chão e te fez viajar assim, sem sair do lugar. É ele que arrombou todas as suas armaduras e entrou a força ai dentro desse seu coração e não quer sair por nada nesse mundo. É ele, não é? É ele que ta te fazendo voltar a acreditar que, quem sabe, ainda possa dar certo e pode! você quer que dê, você quer que ele faça dar, por que é ele. É ele, não é? Eu sei que é, não adianta esconder. É ele por mais que você disfarce e finja que não tá nem ai, todo mundo percebe o jeito como você fica quando ele chega perto, como seu corpo treme e a sua boca fica tipo repuxada de canto, como se você tivesse se impedindo de sorrir mas na verdade tivesse sorrindo tanto por dentro que não desse pra esconder por fora.


É ele! É ele que você procura quando pra essas noitadas e fica com vários caras na balada. É ele! É ele que você pensa quando imagina um futuro. É ele! Eu sei que é ele. E eu sei que você ta morrendo de medo disso, porque você já se machucou duas ou três vezes e você não quer se machucar na quarta, mas quem disse que dessa vez vai ser assim? Sabe menina, às vezes a vida da umas chances pra gente e a gente se esconde por medo, não perde essa chance, não deixa ele ir embora porquê ele pode virar uma cicatriz no seu coração e se virar paciência, mas talvez não vire, talvez realmente seja ele, talvez todas aquelas bobagens que você imagina e aquela coisa de casamento, filho e casinha com cerca branca, sabe? Aquela coisa que você tem até vergonha de assumir pras suas amigas? Então, talvez aquilo tudo ainda faça sentido, talvez seja ele também que pensa em você antes de dormi, talvez ele também esteja vivendo tudo isso e talvez para ele também seja você. Mas isso você só vai saber se você aceitar que é ele. 

Sabe, para de mentir pra você, para de enganar seu coração. A gente sabe bem que é ele. É ele que te deixou assim, pronta para viver de novo, cheia de esperança de  que amanha pode ser diferente, e pode menina! Pode ser diferente. Amanhã e depois e depois e todos os outros dias. É ele! É ele que te devolveu essa fé, seja lá no que for. É ele que te devolveu essa vontade de amar de novo. É ele que ta te fazendo florescer, porque você andava meio minguadinha, seca, meio triste, então ele te deixou feliz de novo, e você não consegue entender o porquê, ele só te olhou, e quando ele te olhou tudo fez sentido. E você nem acreditava nesse papo de que amores de verdade existem e que essa tal da alma gêmea ta por ai, mas de um dia pro outro, essas histórias que contam pra gente quando somos bem pequenininhos sobre metade da laranja, começaram a fazer sentido e você, sabe, no fundo quer que elas façam mesmo. Você até tenta se enganar dizendo que tudo vai passar, que é tudo passageiro, mas a gente sabe que não.

Amor quando chega de verdade, fica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.