Nova Perspectiva

5 de setembro de 2016

Se você não quer amar

É muito fácil colocar a culpa no destino. Fácil demais usar o clichê de que não era pra ser. Fácil cair de pára-quedas na vida de alguém e sair pela porta dos fundos, afinal, pra você era só mais uma tentativa de ser feliz. Fácil demais falar que todo início é lindo, depois estraga tudo. Quando se quer de verdade, não existe início, meio ou fim. A vida se torna uma só e você parte dela. O amor é para quem faz acontecer e valer a pena, não para quem o vive apenas por viver. Cada segundo de amor é precioso, pois você nunca sabe do amanhã. Então não adianta vir me dizer que o amor virou rotina. 

Quem quer amar vai sem rota ou rotina, vai esbarrando nos cacos dos sentimentos que a vida espalha pelo chão, vai contando os dias para ver o sorriso lindo de alguém, vai construindo sonhos e realizando metas.Quando existe amor a gente vai da maneira que for. Então não venha querendo me provar o contrário.

Não use suas desculpas esfarrapadas para tampar os buracos que você criou brincando de amar. A verdade não tem lado. Me machuque com uma verdade, mas não me faça dormir abraçado com uma mentira. Estamos cansados.

Cansados dessa gente que não se doa, que não se importa. Cansados de vocês que fazem alguém desacreditar que ainda existe amor. Vocês que não se pertencem. Vocês que tem mais orgulho do que amor, que fazem do ato de amar um jogo sem vencedor. Vocês que acham que o mundo gira em torno só do seu coração. Vocês que acham que ninguém mais vai se machucar com uma partida. Vocês estão estragando tudo! 

Queremos alguém que esteja disposto a limpar as lágrimas dos momentos ruins, ao invés de simplesmente pedir desculpas e sair pela porta. Que leve nossas vidas e sorrisos a trancos e barrancos, mas que não fique parado esperando nossa história passar em branco. Alguém que não nos tire o que temos de mais importante, o sonho. Não culpe o destino pelos seus erros. Se você não quer amar, não tire do chão quem nasceu para voar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.