Nova Perspectiva

27 de julho de 2016

Arsenal para o inverno


O inverno traz a possibilidade de tirar as roupas mais pesadas do guarda-roupa e usar maquiagem sem medo de derreter com as altas temperaturas, mas os dias frios podem causar problemas à pele. Para evitar ressecamento, vermelhidão e escamação, é importante manter o uso diário de produtos hidratantes.

Segundo Daniela Leal, médica especialista em Cosmiatria e integrante da Sociedade Brasileira de Medicina Estética, qualquer tipo de pele tem a tendência de ficar mais seca no inverno e os cuidados pessoais devem ser redobrados para manter a hidratação.


"Os cuidados devem ser com as regiões do corpo mais suscetíveis à desidratação, como mãos, cotovelos, joelhos e pés. Face, lábios e olhos sem dúvida também merecem atenção especial", destaca a dermatologista.

Contudo, não basta escolher os cosméticos apenas pelo cheiro ou preço. Segundo a farmacêutica de Pesquisa e Desenvolvimento da Granado, Simone Amaral do Nascimento, existem dois tipos de produtos hidratantes: os de barreira e os de reposição.


“Os produtos de barreira são aqueles que apenas vão fazer a pele não perder água e os produtos de reposição vão dar mais água à pele. Os de reposição são os mais indicados nos dias frios”, conta Simone ao esclarecer as diferenças entre os dois tipos de itens.

Ainda segundo a especialista, os produtos feitos à base de óleos e ceras são exemplos de cosméticos de barreira. Já aqueles que possuem vitaminas e manteigas na fórmula são classificados como produtos de reposição.


“Se for para recomendar a montagem de uma nécessaire com itens indispensáveis para o inverno, eu recomendo que a pessoa tenha hidrante labial, filtro solar, hidratante corporal, sabonete líquido, hidratante para rosto e creme para as áreas mais ásperas, como pés, cotovelos e joelhos”, indica a farmacêutica da Granado.

No momento de escolher a composição dos produtos, o recomendado é apostar em itens que são feitos com óleos vegetais, ureia, manteigas e vitaminas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.