Nova Perspectiva

28 de junho de 2016

Você demorou demais moreno

— Eu quero voltar pra você.
— Você não faz ideia de quantas vezes eu esperei por essa frase moreno, quantas noites eu chorei me perguntando se você nunca mais viria, quantos dias eu me forcei a não deixar de acreditar que ainda ia dar certo, mas agora, depois de tanto tempo, isso já nem faz mais sentido.
— Eu sei que eu demorei demais e que te machuquei pesado com isso. Eu sei que te pedi um tempo pra pensar e que acabei pensando demais, mas eu precisava disso.
— Eu entendo, você tinha razão, a gente precisava disso.
— E é agora que eu to pronto pra viver nosso amor.
A questão é que não tem mais um amor pra gente viver.
— Isso quer dizer que você não me ama mais? Que me esqueceu?
— Não te esqueci. Nem vou te esquecer. A gente não esquece as pessoas assim do dia pra noite. Acontece que nesse tempo que você passou descobrindo o que queria eu acabei descobrindo também.
— E o que você descobriu?
— Que não é você
— Isso é algum tipo de vingança? Por que se for eu aviso que já entendi e aprendi com o que fiz.
— Não! De jeito nenhum! Cê só deixou o terreno livre preu estender as roupas no varal, e nessa eu acabei me dando conta de que o espaço fica bem maior sem ter você aqui
— E isso lá é bom?
— Claro que é! Você aperta, machuca, sufoca. Eu gostei da liberdade, do vento batendo, de não ter ninguém pra me preocupa.
— Isso quer dizer que você não quer voltar?
— Sim, isso quer dizer que não vai rolar da gente ter mais nada.
— Mesmo eu dizendo que me arrependo?
— Pois é...
— E essa é a sua última palavra?
— É moreno.
— Não era pra ser assim. Não foi isso que eu imaginei.
— Era pra ser como? Você achou que ia cair fora e que quando voltasse eu ainda estaria aqui de braços abertos te esperando? Sinto muito, mas eu é que não ia ficar morrendo pelos cantos por alguém que não conseguia ficar ao meu lado, então ergui as mangas e segui em frente. 
— Já entendi, você superou, não quer mais, ok, eu entendo, é teu direito e por isso eu vou embora, mas antes me responde: o caminho ficou melhor sem eu estar andando junto?
— Ah moreno, na verdade tudo ficou melhor sem você estar junto.

Um comentário:

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.