Nova Perspectiva

26 de maio de 2016

Retiro de Cena


Eu me retiro de cena antes que você me machuque ainda mais. Eu sei que é difícil partir quando há amor. Eu te amo, sim. Porém, amar é uma mão de via dupla e percebi que eu estava sozinha nessa via expressa chamada amor. As cartas sempre foram colocadas na mesa e nós dois sabíamos qual caminho cada um queria trilhar. O problema é que nosso caminho não tinha um cruzamento sequer, era cheio de curvas e retas sem fim. Eu quis pagar pra ver, apostei alto e fui até onde eu poderia ir. Sonhei demais, e quem não sonha quando o amor toma conta de si?

De volta à realidade, eu entendo que eu e você não poderíamos nos tornamos em um só sujeito. Com uma mistura de bom senso e boa educação, eu preferi a retirada de cena. Ainda dói lembrar que você nem sequer lutou para que eu ficasse um pouco mais. Imagine o tamanho do sofrimento se eu adiasse minha partida? Prefiro nem pensar. E como dizem que o sol sempre vem depois de uma imensa tempestade. Eu ainda vejo que a chuva está forte e o tempo vai demorar até que melhore aqui dentro. Passa. Tudo na vida passa, eu sei. Hoje a dor parece interminável, no entanto se eu ficasse por mais tempo a dor poderia se tornar insuportável.

Confesso que, às vezes, eu dou uma espiada no que deixei pra trás com a desculpa pra saber se você está tudo bem. Eu sei que está. A culpa não foi sua. Ninguém pode nos obrigar a amar o outro de volta. Apesar de meu coração exigir reciprocidade, ele sabe que o coração é uma terra onde ninguém pisa. Mesmo com tanto amor aqui no peito, ainda assim é impossível amar por dois. Em nome do meu amor próprio, da minha sanidade, do meu bem-estar, eu partir sem olhar muito para trás. Um dia, talvez, eu sinta orgulho de mim mesma por essa nobre atitude. Eu não queria ir, mas sei que é necessária minha partida. E fui. Com o coração bagunçado e a alma perdida, eu continuo andando para poder me encontrar.

Quem sabe, nessa caminhada, eu me recupere e volte a acreditar no amor. Encontre um novo amor, que seja recíproco. Não sei, afinal o futuro sempre é uma incógnita. Ao sair da sua vida foi que você, notei que nunca teria espaço para mim em seu coração. Por isso, minha saída pode não ser uma das melhores. Eu sei que meus olhos estão cheios de lágrimas, minha cara inchada de tanto chorar, desacreditava na vida, mas com uma única certeza: dias melhores virão.

Um comentário:

  1. Nossa, estou passando por isso agora, fui embora de um relacionamento de quase 4 anos, sai de cena, cansei de amar por dois... e ler isso só me faz acreditar que apesar da minha dor dias melhores virão

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.