Nova Perspectiva

1 de maio de 2016

Músicas pra ouvir na hora de escrever


Vocês vivem me pedindo pra falar sobre as músicas que me deixam inspirada na hora de escrever, por isso resolvi fazer essa postagem e dividir um pouquinho os sons que eu uso quando vou colocar os sentimentos em palavras. Bora?

Essa música está em todas as minhas playlists pra escrever desde que eu comecei a escrever, ou seja, faz anos e ela ainda me inspira muito! 

Outra que eu escuto e me ajuda a escrever faz anos! A vibe dela é muito pra escrever e chorar e amar ahaha

A vibe dela é bem mais tranquila e alegre, boa pra músicas mais pra cima, de recomeço, amor próprio, vida! Adoro bastante e vira e mexe to ouvindo (nem sempre pra inspirar hahah)

Ouvi pela primeira vez ano passado em uma playlist do spotify e me apaixonei logo de cara! Tem sido, desde então, uma das principais que me inspiram na hora de colocar os sentimentos pra fora.

Outra do lifehouse porque eles me fazem lembrar uma fase da minha vida que faz querer escrever sem parar!!

Também conheci no spotify, virei fã desse homem e tem regado vários e vários dos textos "pro moreno".

Já usei mais, confesso, mas foi minha principal inspiração por tanto tempo que essa música não tinha como não estar na lista.

Como não citar Ed, né!? Acho que todas as músicas dele são boas pra inspirar!!

A vibe dessa música é a coisa mais gostosa do mundo! Pra escrever sobre amor (e pra ouvir quando se está amando) é sensacional!

Uma boa parte do meu livro eu to escrevendo com ela tocando de fundo, me inspira tanto que é até difícil de falar sobre.

Conheci recentemente e já se tornou um dos meus sons favoritos do momento, pra escrever sobre amor, esperança, recomeço é uma ótima escolha. Fora esse clipe que Deus do céu ♥

Agora é a vez de vocês me indicarem músicas boas pra escrever, deixem nos comentários e me ajudem a aumentar a playlist!

*imagem via reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.