Nova Perspectiva

27 de abril de 2016

Você precisa assistir: Supergirl

 Oi pessoal, como vocês estão? Eu espero que bem! Esse mês assisti várias séries e fiquei até confusa em qual escolher para fazer resenha aqui para vocês. Mas decidi escolher a que mais gostei, que vocês já sabem pois está no título do post! hehe

Imagem via
 Título: Supergirl / Gênero: drama, ficção científica, ação / Duração: 42 min / Status: Em produção / Ano: 2015

 Sinopse: Kara Zor-El nasceu no planeta Krypton, escapou da destruição há anos. Desde então, ela chegou à Terra e vem escondendo os poderes que ela possui. Mas agora, aos 24 anos, ela decidi assumir suas habilidades e ser a heroína que nasceu para ser.

 A série conta a história da Kara (Melissa Benoist) que bem nova foi mandada para a Terra junto com seu primo Kal-El (superman), pois seu planeta Krypton estava morrendo e a sua missão era protege-lo. Mas o que não estava nos planos de seus pais é que sua nave sairia de curso e pararia em uma espécie de buraco negro e ficaria presa lá por muito tempo. Quando Kara chegou á Terra, seu primo já havia crescido muito e se tornado o super herói que todos nós conhecemos. 

Imagem via
 Então Kal-El á entregou para um casal que cuidaria de Kara e por muito tempo ela escondeu seus poderes. Pois segundo seus pais adotivos, "o mundo já tinha o superman". Mas por conta de um acidente que sua irmã adotiva Alex (Chyler Leigh) estava prestes á se envolver ela decidi ajudar e com isso seus poderes acabam se tornando público. Ela trabalha como assistente da Cat Grant (Calista Flockhart) na empresa Catworld Wild Media em meio período e o resto do tempo trabalha para uma organização do governo junto com sua irmã. 

A série tem uma continuidade á cada episódio que passa, mas também mostram histórias diferentes. Desde o primeiro existem bastante cenas de ação e isso permanece em todos os episódios seguintes. São cenas que ou vão te deixar a flor da pele torcendo por um lado, ou vão te fazer chorar igual um bebê.

 Senti que a escolha para a Supergirl foi simplesmente incrível, pois a atriz trouxe muita vida para ela. Acho que foi por isso que me apaixonei tanto pela personagem principal. Ela é super doce, ingenua, delicada e emponderada. Os outros atores também são excelentes, mas o destaque com toda certeza vai para a Melissa.

 Imagem via
 Como é um série bem recente, a todo instante eles fazem menções á alguma outra série que esta fazendo sucesso no momento. O que eu achei super bacana pois humaniza os personagens, fazendo com que eles pareçam reais. Tem até participação especial do The Flash, série que está agora na sua segunda temporada.

 Todas as pessoas por trás dessa série foram muito cuidadosas em deixar com o máximo de referências dos quadrinhos e do universo DC. A cada episódio aparecem personagens que nós conhecemos desse universo. As pessoas que gostam bastante das HQ's devem pirar!

 Acho que a única coisa que não tiveram muito cuidado, ou não tiveram dinheiro para investir foram os efeitos especiais. Muitas pessoas dizem que essa série é ruim por causa desse problema, mas em momento algum eu me senti incomodada com isso.


 Sim, dou nota máxima para esta série pois ela se tornou uma das minhas séries favoritas no mundo. Ela já foi confirmada para a segunda temporada e estou muito ansiosa para assistir. Vale super a pena assistir, pois a história e todos os personagens são muito envolventes. Além, é claro, de ter muita ação e drama (altas lágrimas assistindo haha). Se você ai não curte muito super heróis, da uma chance para a Supergirl, tenho certeza que você vai se apaixonar por ela como eu me apaixonei. Clique aqui para assistir ao trailer.

 Então é isso pessoal! Já assistiram esta série? Ficaram com vontade de assistir? Comentem aqui em baixo, vou adorar saber a opinião de vocês. Essa semana irei postar no meu blog um post super especial sobre essa série, assim que sair coloco o link aqui para vocês verem.

 Um beijo e até a próxima! <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.