Nova Perspectiva

15 de dezembro de 2015

Um brinde aos amigos homens

Via reprodução
Um brinde pra ele que vai te falar o que você precisa ouvir, mesmo que não seja o que você queira ouvir, mesmo que você não peça e nem pergunte e nem insinue pra que ele diga. Ele vai falar quando achar que deve falar sem se preocupar se vai doer ai dentro, porque na cabeça dele vai doer muito mais se você continuar se enganando. E a gente sabe que ele tem razão. Ele sempre tem razão. Um brinde pra ele que no meio de tanta gente é um dos poucos que tem coragem de te olhar nos olhos e falar sem gaguejar que o amor da sua vida não te ama, como se isso fosse tão natural quando pedir uma casquinha mista no drive thru, porque ele não tá muito preocupado se as palavras vão te acertar como uma espada pontuda.

Ele não vai enfeitar muito o discurso criando frases bonitas e diminutivos pra verdade pesar menos, ele não vai parar pra pensar se você vai sair machucada ou não depois de escutar o que ele tem a dizer, porque ele faz o que precisa e pronto, sem rodeio, sem frescura. Ele faz porque sabe que a vida é curta demais pra que você desperdice com alguém que não quer nada, porque prefere te ver chorar de uma vez engolindo uma verdade amarga, do que morrendo aos poucos enquanto ingere um veneno letal. E é isso que faz com que ele esteja separado dos outros caras, é isso que faz com que você o veja como um irmão, desses que nasceu de outros pais por um erro do destino.

Um brinde pra ele que reclama dos seus livros de amor, mas te escuta com atenção cada vez que você precisa dividir uma dessas histórias com alguém. Porque ele não gosta de metade das coisas que cê gosta e não entende a graça que você vê nesses filmes americanos, mas gosta de você o suficiente pra te ouvir falar sobre eles uma tarde inteira. Um brinde pra ele que esquece do mundo quando você liga chorando sexta-feira à noite porque as coisas não andam boa e corre pra te encontrar. Um brinde pra ele que ri dos seus dramas como se fossem besteiras perto dos problemas do mundo, que te faz enxergar o quão exagerada você é de vez em quando e que coloca seus pés no chão sem deixar que o concreto te machuque. 

Um brinde pra ele que diz que vai matar o cara que quebrar o seu coração e você sabe que é verdade, ele odeia todos os caras que te fazem chorar e odeia mais ainda quando você cisma em se jogar em uma história que já deu errado, mas mesmo assim fica te esperando cair porque sabe que cê vai precisar de alguém pra cuidar das feridas que vão nascer. Um brinde pra ele que fica puto quando cê ganha do jogo que ele te ensinou a jogar e não assume de maneira nenhuma que você é melhor que ele só pra te ver emburrada. Um brinde pra ele que revira os olhos na sua cara cada vez que você conta do cara ma-ra-vi-lho-so que você conheceu na faculdade. Um brinde pra ele que ri toda vez que perguntam quando é que vocês vão namorar e explica que o laço de vocês é grande mais pra acabar nisso.

Um brinde pra ele que te faz ver as coisas por um ângulo diferente e te tranquiliza quando você tem um mini ataque cardíaco de ansiedade seja lá porquê. Um brinde pra ele que odeia shopping, mas sempre vai te fazer companhia, mesmo que feche a cara e deteste todas as suas compras. Um brinde pra ele que acha que cê é boa demais pra qualquer cara que se aproxime e que talvez você seja boa demais pro resto do mundo. Um brinde pra ele que te apresenta todas as namoradas e deixa claro que a amizade é a prioridade. Um brinde pra ele que quebra a cara de quem te quebra inteira, ainda que só mentalmente.

Um brinde pra ele que não tem medo de te pedir pra diminuir o ritmo, que aponta seus erros mesmo quando você prefere não ver e que te segura quando a coisa fica feia. Um brinde pra ele que te abraça forte e faz todos os problemas sumirem, um brinde pra ele que que segura firme a sua mão e te dá o alicerce necessário pra que você não caia no meio do caminho. Um brinde pra ele que sabe o que você tem mesmo quando cê não fala nada, que sabe de cor a data do seu aniversário e a semana da tpm, mas não consegue decorar sua cor predileta. Um brinde pra ele, que é mais que namorado, bem mais que acabo, e mais que irmão. Um brinde pro seu melhor amigo, e com cerveja, por favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.