Nova Perspectiva

5 de dezembro de 2015

Fala por mim

Via reprodução
- Alô?
- Presta bastante atenção em tudo o que eu vou te falar.
- Quem é?
- Não importa, só presta atenção. Eu quero falar do seu namorado.
- O que você quer falar dele?
- Eu sei que as vezes ele é meio chato, que reclama pra caralho, mas pra caralho mesmo, de quase tudo. Ele tá sempre falando de algo que não saiu exatamente como ele queria, que tem coisa fora do lugar e que você derrubou farelo no carro dele. Isso cansa, eu sei, quem não se irritaria com um cara que resmunga sobre a toalha no lugar errado e ainda fala da sua calcinha no chuveiro?
- Como você sabe que ele fala da minha calcinha?
- Não importa, eu sei.
- E o que mais você sabe?
- Que todo mundo acha que ele tem TOC ou alguma coisa que o faz procurar loucamente por um perfeccionismo impossível.
- Pois é, já tentei fazê-lo ir ao médico, mas não adianta, ele não quer.
- E nem precisa.
- Quê?
- Ele não tem problema algum, só tem medo.
- Medo?
- Medo de perder o controle, de acabar saindo da zona de conforto em que ele gosta de estar enfiado. Você nunca reparou como ele foge de assuntos sérios? E que quase nunca fala sobre amor e sobre os sentimentos? Ele nunca explode e grita e xinga, só resmunga, reclama, mas não briga. Nunca. Poucas coisas conseguem tirá-lo do eixo. Ele não gosta de lidar com o que não sabe lidar.
- Quem te disse que ele não briga? Quem te disse tudo isso? Saiba que ele briga, sim, inclusive nós dois brigamos muito. O tempo todo. E eu, escuta bem, eu o tiro do eixo. E quem é você?
- Já disse, não importa. E vocês não brigam, cê sabe, quem briga é você. Faz isso sozinha enquanto ele finge te ouvir e pensa na vida. E é verdade, de certa forma você o tira do eixo. E é por isso que eu to te ligando. Ele não é o melhor homem do mundo, longe disso, ele é marrento e coleciona defeitos, mas tem o sorriso mais lindo do mundo. Ele nunca diz que te ama, mas te olha com o amor de uma vida inteira e a gente sabe que é de verdade. Ele não aprendeu a mentir. Então para de emburrar cada vez que ele liga a televisão pra assistir o time dele jogar, vai lá e se ajeita no colo dele. Para de bancar a possessiva cada vez que ele sai pra beber com os amigos, você sabe que ele jamais faria nada pra te machucar. Ele nunca machucaria ninguém. Nem se quisesse. Ele é perfeccionista demais, lembra? Ele ama quando você manda mensagem, no meio do dia, dizendo que estava pensando nele, porque ele sempre pensa em você, mesmo sem dizer uma palavra sequer. Ele vai abrir o celular, visualizar, apagar e sorrir, é que na cabeça dele você sabe que ele te respondeu. Porque ele respondeu, entende? Todos os dias, desde a primeira vez que te viu, ele responde da maneira como te segura pela cintura na hora em que te beija, te responde quando atende suas ligações no meio da noite pra cobrar mais uma história sem pé nem cabeça que as pessoas te contam, te responde quando te olha dormir e não consegue deter a cara de bobo que brota em seu rosto, te responde quando te leva café na cama, quando coloca a toalha no lugar, tira sua calcinha do chuveiro e te deixa comer dentro do carro. Ele te responde, então não tenha medo de falar, de enviar, de gritar, porque ele responde.
- Como você sabe disso tudo?
- Você não sabia?
- Como você o conhece tão bem?
- Não importa, eu já falei isso.
- Tá, tá, tá e tem mais alguma coisa que eu deva saber?
- Saber não, mas fazer sim.
- O que?
- Diz pra ele que você o ama, isso era tudo o que eu queria poder fazer agora.

Um comentário:

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.