Nova Perspectiva

18 de outubro de 2015

Na verdade, ele não te ama

Via reprodução
Para e me escuta um pouco, menina, prometo que depois disso eu não falo mais nada. Só fica um tempo em silêncio e deixa eu te contar tudo o que eu já sei dessa história. Eu sei que você acredita quando ele diz que está ocupado demais, mas que pensou em você antes de dormir. Eu sei que se pergunta o porquê dele nunca te mandar mensagem dizendo que sente sua falta, já que você morre de saudades a cada instante em que seus dedos não estão enlaçados aos dele. Eu sei que você acha que ele escuta a música de vocês todos os dias e que vocês têm uma música só dos dois. Eu sei que você deita e acaba perdendo suas horas de sono imaginando como ele vai te pedir em casamento, como será a casa em que vão morar e quantos filhos terão. Eu sei que quando você se olha no espelho, enxerga uma menina afundada na própria ilusão de contos de fada, que sabe a merda em que está se enfiando, mas não consegue dar descarga. Você precisa pular fora antes que seja tarde demais. Se já não for.

Eu sei que você sabe que, na verdade, ele não te ama. Todo mundo sabe. Eu que sei que você vê as suas amigas te olharem com pena cada vez que você chora por mais uma mancada que ele deu e se sente ainda pior por encenar esse papel patético que não combina com a mulher forte e independente que você era. Eu sei que você sabe o que elas pensam enquanto você desaba em mais um choro mudo. Ele não te merece, você sabe. Todo mundo sabe. Ele nunca te mereceu. Eu sei que você molha seu travesseiro esperando por uma ligação no meio da noite, só o tempo suficiente dele dizer que precisava ouvir sua voz pra ter paz no coração. Eu sei que você sabe que ele não vai ligar. Ele não quer ligar. Ele não quer, porque você não é a paz dele. Eu sei que você sabe que, no fundo, ele também não é a sua. Eu sei que cê sabe que ele não esqueceu do jantar, do cinema e do aniversário de vocês porque estava atolado demais de tanto trabalho, ele simplesmente não se importa. E você sabe. Todo mundo sabe.

Eu sei que você enxerga a mesma história que eu. Um romance fracassado, arruinado, remendado. Eu sei que você sabe que não dá mais, faz muito tempo que vocês já não dão em nada, mas cê continua insistindo em arrumar o que já não existe mais. Continua criando desculpas pra ficar. Eu sei que você sabe que existem outros caras no mundo e que ele não vai ser seu único amor, mas você não consegue deixa-lo ir, mesmo sabendo que é o que ele quer, mesmo com todo mundo sabendo que é o que ele quer. Você o agarra e implora e chora e grita e se despedaça pra que ele fique, mesmo sabendo que isso não vai durar pra sempre. Mesmo sabendo que já não dura mais. Eu sei que você sofre e tem vontade de sair correndo e que sente o seu coração quebrado e que isso dói. Eu sei que você queria que fosse ele, não como um desejo de uma menina mimada, mas porque você o amou com toda a sua força e achou que ele fosse te amar também, mas não deu. Nem sempre dá. E amor, quando é via única, arde e aperta e fere. Você está ferida. Eu sei, você sabe, todo mundo sabe. Você sangra e esconde os arranhões que coleciona como se ninguém conseguisse ver. Você sorri tentando disfarçar o quanto sua alma chora. Eu sei que você atua nesse espetáculo esperando que o mundo atue também e acredite no seu teatro, mas eu tenho uma péssima notícia pra te dar: as cortinas já fecharam e o público está indo embora, ninguém aguenta mais essa história toda.

Eu sei que você sabe que esse seu drama não vai te cicatrizar, mas não sei se você sabe que já passou da hora de jogar uma água na cara, passar alguma coisa pra disfarçar essas olheiras e seguir em frente. Não sei se você sabe que todo mundo já cansou de te falar que vai ficar tudo bem. Não vai, menina, enquanto você não deixar ficar, enquanto você insistir em bater com a cabeça nessa relação construída sem solidez. Não vai enquanto você se destruir cada vez que o mundo tentar te recompor. O mundo não vai acabar se você não colocar um ponto final dessa novela mexicana. O seu amor não vai ter sido menos amor se você deixar que ele evapore. Não sei se você sabe, mas não tem mais o que fazer para salvar vocês. Não existe mais vocês. Mas vai existir outras histórias se você se permitir dar descarga nessa. Vai existir outros amores e outras belezas e outros dias ensolarados, se você aceitar que a vida não pode parar sempre que uma paixão acaba. Vai existir um tantão de coisas bonitas, se você estiver disposta a vê-las. Então vai, levanta, troca de roupa, passa um batom vermelho e dá descarga nessa merda, antes que a vida te mande embora junto dela.

9 comentários:

  1. Meu Deus, seus textos são inexplicávelmente perfeitos. ��

    ResponderExcluir
  2. Na verdade doi saber disso, mais o melhor é esquecer porque lembrar so vai nos fazer chorar, :/
    Texto perfeito amor adorro <3 Beijos!
    Seu blog ta la na Blogoroll de meu blog <3
    www.atrasdpenteadeira.com

    ResponderExcluir
  3. Um tapa na cara!
    Como ta me ajudando com o fim do meu namoro :(

    ResponderExcluir
  4. É tão dolorido encarar isso....
    Belo texto. Adorei!!!

    www.blogdahida.com

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nossa é impressionante como vc conseguiu descrever todos os meus dias. Estava tentando me enganar todo esse tempo achando que ainda poderia dar certo mais vendo seus textos vejo o quanto estou me enganando

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.