Nova Perspectiva

24 de outubro de 2015

E se eu trancar a porta?

Via reprodução
Um dia eu vou cansar de esperar por alguém que nunca chega, você já parou pra pensar nisso? Uma hora ou outra eu vou seguir em frente e deixar de te esperar, é como dizem, em algum momento da vida a gente percebe que não tem tanto tempo pra perder com alguém que não se importa, quando esse dia chegar eu não vou mais estar aqui. Você já se deu conta disso? Eu não tenho a vida inteira pra ficar aguardando de portas abertas sua entrada triunfal. Não posso mais desperdiçar outras histórias na expectativa de que a nossa aconteça. Não tenho mais forças pra lutar sozinha por alguém que não se esforça pra brigar comigo pelo nosso amor, porque eu sei que ele existe, e você sabe também. Eu vejo nos seus olhos quando você me encara tentando disfarçar todo sentimento escorrendo de dentro de você. Eu vejo na forma como você me vê passar segurando o corpo pra não passar ao meu lado. Eu vejo na forma como a gente se perde um no outro tentando se achar nessa imensidão esquizofrênica que funcionamos. Eu vejo, mas vou cansar de ver. E então o que você vai fazer?

Eu passei anos ansiando o seu retorno, garantia pra mim e pro mundo que você só estava esperando o melhor momento pra me invadir inteira e ficar. Eu me enganei, um pouco por falta de coragem de ir embora e mais ainda pela esperança de que você ficasse. Eu fantasiei o futuro de uma relação que nem chegou a existir, porque você não deixou a gente virar realidade. Eu acreditei de corpo e alma que você também me amava, só estava confuso demais pra ter certeza disso, mas uma hora notaria o quanto precisava de mim e voltaria pra onde você nem devia ter saído. Eu te esperei, sem você me pedir nada, eu te esperei sem esperar nada em troca além de que você viesse, independente da demora. Eu te esperei, porque no fundo, no fundo, eu não tava preparada pra te deixar partir pra sempre.

Mas agora eu estou, e te digo assim, na lata, de supetão, sem rodeios. Eu estou pronta pra abrir mão de um romance que eu acreditava ser tudo o que eu queria. Estou pronta pra me livrar de todas as promessas que a gente fez e não cumpriu. Estou pronta pra abrir mão da vida ao seu lado pra poder seguir em frente ao lado de alguém que queira ficar sem eu precisar implorar. Estou pronta pra fechar as portas pro nosso amor, se é que ele existe. Estou pronta pra ir também em busca de algo que eu ainda não sei o que é. E você? Já pensou em como vai ser quando eu levantar e voltar a caminhar? Já pensou em como cê vai ficar quando não tiver mais pra onde voltar?

Eu não posso mais ficar aqui, minha cota esgotou e o mundo tá exigindo que eu vá com ele, e você tem cinco minutos pra me convencer a não ir. Você tem cinco minutos pra voltar e me fazer ficar. Cinco minutos pra se arrepender e tentar mudar o rumo dessa história. Cinco minutos pra dizer que me ama, porque eu te amo também. Cinco minutos e eu tranco a porta e acabou pra sempre o que nem chegamos a começar. Cinco minutos e eu ainda posso ser sua, se você quiser ser meu. E então, o que vai fazer? Eu vou ou você vem?

10 comentários:

  1. Acho que todo mundo já passou um pouco por isso né?
    Sei bem como é acreditar num amor, mas resolver ir embora.
    Sei mesmo, mais do que gostaria de saber.
    Seu texto me tocou fundo hj.
    Mesmo, mesmo.

    bjos
    www.expressopradois.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim, é difícil, mas ir embora, muitas vezes, é necessário.

      Obrigada Carol ♥

      Excluir
  2. Eu esperei durante 10 anos, sempre avisei que um dia iria cansar, até que cansei e fui embora, ele me deixou ir, não fez nada para que isso mudasse. A receita sempre foi a mesma e eu sempre esperei algo diferente, mas com os mesmos ingredientes não rolou. Hoje, depois de 6 meses, não espero mais nada, to aprendendo a me amar e me conhecer, to vivendo no meu tempo, o meu tempo. Adorei teu post. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei cansando também, o que é uma pena.
      A gente se cura com amor próprio, é isso ai Nati!!

      Excluir
  3. Eu não espero mais, quem me quiser que me encontre.
    Lindo texto Gabi!

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Texto perfeito, estou sempre na espera, embora cansada, mas ainda não consegui desistir, mas é necessário... Bjs

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.