Nova Perspectiva

6 de junho de 2015

5 (únicas) coisas que toda mulher deveria saber

Via reprodução
Continuando aquele desafio de postar todo dia esse mês (e to curtindo isso!) vou a mais uma novidade: LISTAS!
Gente eu realmente AMO postagem assim, sempre que algum blog divulga uma dessas eu vou correndo conferir e, então, pensei: por que não? E cá estou.
Pra inaugurar decidi um tema que eu entendo bem: cinco coisas que todas nós precisamos saber.
Espero que vocês gostem tanto quanto eu gostei fazer ahahaha

*você está tão brega*
Via reprodução
1) A moda não existe
E não, eu não estou louca. Moda é ~mais~ um meio ~capitalista~ de te fazer gastar uma grana pesada, além do mais, o que ela significa? Usar um monte de roupa que alguém disse que é legal? Por quê? Só pra estar dentro do padrão? Sai dessa! Usar algo que você não gosta só porque é cool não é cool! Use o que te deixa bem independentemente de estar nas revistas femininas ou não. Sabe aquele jeans velho rasgado no joelho que você escondeu no armário só porque ~alguém~ disse que era trash? Ou aquela sainha que te encheram o saco porque ela é “curta demais”? Hoje é o dia perfeito pra fazer um resgate nessas peças! Confiança é a única peça que não pode sair do seu guarda-roupa – seja verão, primavera, outono ou inverno. Use o que estiver afim de usar, os incomodados é que não olhem!

*você ainda não arrumou um namorado?*
Via reprodução
2) Você não precisa casar
Quem nunca ouviu aquela frase "iiih vai ficar pra titia?" Pois saibam que ser titia não é ruim! Pense só: 24 horas dedicadas exclusivamente pra você, sem brigas, sem dor de cabeça, sem alguém enfiando os pés nas suas almofadas, podendo cair na estrada sem dar satisfações ou aviso prévio. Isso não me parece tão ruim. Dá pra ser feliz sem o “e foram felizes para sempre”. E vivam as titias!

*ele não te levou pra jantar em frente à torre eiffel? credo*
Via reprodução
3) O príncipe encantado não existe
Pois é, moça, destruí seu sonho? Te arranquei do cavalo branco? Sorry, mas o mocinho do reino encantado não vai vir, mas não chore que essa não é uma notícia ruim! Existem, sim, muitos caras bacanas pelo mundo esperando pela metade da laranja, mas eles não são perfeitos (nem você) e é essa a graça do amor: se apaixonar pelas imperfeições do parceiro. Agora, vivam os sapos!

*como você vai alimentar a sua familia se não sabe nem fritar um ovo?*
Via reprodução
4) Você não precisa saber cozinhar
Fast food do amor é tudo que eu tenho a dizer sobre esse assunto. Mentira, tenho mais: larguem do meu pé porque eu não vou enfiar a barriga no fogão. Isso é bem sério – e chato – sempre me perguntam porque eu ainda não aprendi a cozinhar e a única resposta possível é: pra que eu preciso cozinhar? Essa historinha de que mulher tem que fazer almoço e jantar é coisa do século retrasado, fica de olho em quem diz isso, porque boa gente não é.

*cê não acha que devia fazer uma dieta?*
Via reprodução
5) Não há nada de errado em não ser a Gisele Bündchen
Eu sei, seja pelo cabelo, pela grana, pelo boy, pela vida, pelo corpo, pelo rosto ou o inferno à quatro: seria legal ser ela. Ok. Mas não dá, superemos! Mas falando sério, esse lance de gente perfeita não existe (alô tópico 3), e não ser uma dessas mulheres ícones não te torna menos mulher: nós somos lindas do jeitinho que somos. E quando digo: somos lindas é, porque sim, cada uma de nós tem algo em especial que nos torna única e isso anula qualquer comparação. Você não precisa ser um protótipo da barbie pra "se encaixar", não precisa alisar o cabelo, pintar as unhas, depilar as pernas, usar rosa e falar igual uma princesa. Não precisa - e nem deve - ser o que a sociedade exige que você seja. Você só tem que ser o que você é, e vai por mim, isso já é muito.

Acompanhe as redes sociais:

6 comentários:

  1. Fico revoltada quando a pessoa me pergunta se eu sei cozinhar é eu falo que não, ai a pessoa fala: - Nossa que absurdo menina, é só vc fazer assim, assim... Porque que eu tenho que saber cozinhar? Só porque nasci mulher é outra isso vem de outras mulheres. Concordo com todos os itens citados acima. Mulher não nasceu para seguir regras que a sociedade impôs. Mulher nasceu para seguir suas próprias regras. #revoltei rsrsrs

    http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, você descreveu nossa vida inteira HAHAHAHAHHA
    Sério..todas as coisas aí são absolutamente verdadeiras. ahahahahaa gostei muito do jeito que tu colocou "moda" porque é tão real..é só uma palavra que inventaram para agregar ao capitalismo :P


    parabéns pelo post :)

    Oie, tudo bem?Hoje tem mais um pouco de poesia pra colorir sua vida.Vamos conferir?http://www.wattpad.com/136011615-poesias-espalhadas-meio-sorriso-parte-ii

    beeijos
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. OBRIGADA MUNDO hahahaha Eu não preciso saber cozinhar, todo mundo olha pra mim super assustado quando falo que não sei nem fazer ovo hahaha, mas sabe? adoro programas de culinária, mas nunca tive vontaaade mesmo de saber cozinhar, prefiro ficar com a parte de comer xD hahahahaa
    Adoro teu blog e adorei o post, esse desafio de postar todo dia é TENSÃO já tentei hahahaha vou ver se faço agora em junho de novo :O

    ResponderExcluir
  4. Adorei o seu blog e o post também, adoro listas e estou tentando fazer mais lá no blog. Também estou tentando postar todos os dias da semana, só estou descansando no sábado e domingo entre grandes aspas pq nesses dias eu aproveito para gravar ou fazer fotos pro blog. Vi seu comentário no blog da Ellen e vim conhecer :D
    Beijos!
    www.yarasousa.com

    ResponderExcluir
  5. Hahahaha adorei o post, principalmente a parte "cê não acha que devia fazer uma dieta?" "Shut up" ~ eu na vida~ rsrs :)


    www.nayaracristina.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu AMEI a forma como você escreve! Me envolvi com a leitura do post e adorei todos os tópicos. Já ouvi algumas coisas bizarras que foram citadas e continuo cagando um monte pra essas regras chatas! Arrasou, gata! hahaha

    Beijo enorme ♥
    www.cherryon.com.br

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.