Nova Perspectiva

9 de novembro de 2014

A gente nunca vai dar certo

Via reprodução
Oi, sou eu.
Tudo bem? Espero que sim.

Odeio começar cartas, você sabe, mas estou te escrevendo porque ontem eu fui ao cinema e passou o
trailer de um filme que, sem sombra de dúvidas, é a sua cara: envolve muito dinheiro, sexo e trilha sonora ruim. Agora me fugiu qual era o maldito título, mas espero lembrar antes de terminar esta carta. Sei que prometi não te escrever mais, só que eu não sei negar o que a minha alma pede. Não consigo te esquecer, pelo menos não hoje, pelo menos não enquanto eu me forçar a acreditar que fomos feitos um para o outro. Porque nós fomos. 

Consigo imaginar a sua cara lendo mais uma carta que eu prometi não te dedicar: você passa os olhos, pelo menos duas vezes, por cada palavra, observa atentamente minhas vírgulas, tentando entender porque, mesmo depois de tantos cursos de pontuação, eu ainda pauso tanto as frases, relê mais uma vez só para ter certeza de que não pulou nenhuma palavrinha, enquanto enrola a barba com o queixo apoiado na mão esquerda, cria milhões de explicações pelo fato de eu não ter, depois de tantos anos, aderido ao ato de mandar um e-mail, é que, querido, isso seria só encher uma tela em branco com um monte de letras times new roman tamanho 12, o nosso amor combina mais com o meu vomito garranchado nesse papel amarelo. 

Depois de dar sua última checada você vai fechar o envelope, guardar e pensar em me ligar, mas vai preferir colocar a água do café no fogo. No fundo sabemos que é melhor assim. Agora você sorri, tentando se convencer de que não é tão previsível assim, embora eu tenha acertado tudo, a questão é que eu te conheço tanto a ponto de saber de cor seus próximos passos. Nosso amor virou blasé. Fomos um incêndio catastrófico, vivíamos prestes a explodir para todos os lados, sem nos preocuparmos se queimaríamos alguém, ou se nos queimaríamos, de nós só restou uma chama fina, fria, que sobrevive do atritar da nossa insistência em fazer dar certo. Mas já não demos, meu amor. Te amar foi um erro, o melhor erro da minha vida, e eu erraria mais um milhão de vezes se ainda tivéssemos tempo pra isso, mas o relógio tem essa mania de acelerar a vida, segundo por segundo, e já não podemos mais encerrar outro capítulo com reticencias. Infelizmente.

Nossa história foi escrita ao contrário, do final feliz ao era uma vez. Éramos uma vez. Fica bem e não esquece de desligar a água no fogo.

21 comentários:

  1. Amei seu texto. É tão bom amar assim quando conhecemos os passos um do outro. Pena que no caso não deu certo hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Ai meu coração! hahah Que texto mais doído e lindo!!!!! Dá pra sentir cada detalhe e cada sentimento contido nele

    Acho que às vezes é assim mesmo, o felizes para sempre se tornando apenas um era uma vez

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Texto lindo Gabi! Como me identifico com seus textos... rss Como já dito aqui, você consegue nos transmitir o sentimento do texto, isso é lindo!
    Estou sentindo falta do texto para leitora! Tomara que você poste algum em breve! *-*
    Beijos escritora linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda/o!! Postarei em breve sim, aguarde ♥
      Beijos no coração.

      Excluir
  4. Que texto lindooo Gabi!! Oque você consegue transmitir o sentimento no texto acho tão lindo!!
    Bjos Gabi
    http://www.brunasmiderlemantovani.com/

    ResponderExcluir
  5. Ai Meu Deus!! Que lindo, sinceramente, eu já estava meio deprê, pelo "ex-" , e agora fiquei pior hahahaha. Você consegui encontrar meus sentimentos, e transforma-los em post. Estou me identificando cada vez mais com o que você escreve! Muitos bisous. Tchau!!

    PS: Eu sou do Bloguezone

    ResponderExcluir
  6. Estou sem palavras, sem palavras mesmo, você escreve divinamente Gabi! Tudo lindo, sério! <3
    Beijinhoss
    www.girlsmachine.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, você escreve muito bem. Adorei. :)

    ResponderExcluir
  8. Que coisa linda Gabi! Nem sei mais o que falar quando venho aqui, por que seus textos são perfeitos demais menina! Lindo, lindo, lindo

    www.oceudalua.com.br

    ResponderExcluir
  9. WOW WOW WOW!

    Lendo o texto você foi tão capaz de relatar um padrão de comportamento que me senti conhecendo o leitor da carta!

    Impressionada *-*

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Sabe quando você lê um texto e no final não sabe o que comentar, porque o texto parece que foi feito pra você? Então. Seus textos são assim.

    Parabéns!

    coragemescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Nossa, amei muito a sua escrita. Parabéns! ;-)
    Têm erros que são ótimos, né? Mas depois o melhor é "errar novos erros". Bater na mesma tecla, na maioria das vezes só atrasa a vida. Mais uma cartinha não faz mal. Nem que seja para ficar guardadinha numa caixa. Às vezes é bom só para desabafar. Faço isso muito hahaha!

    Beijos,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse texto tão lindo, e como você o conhece que eu me pergunto porque um amor tão lindo assim não deu certo? Amei a sua escrita, o seu texto, tudo! Parabéns!

    http://www.leitecombiscoitos.com/

    ResponderExcluir
  13. Amo teus textos e você sabe disso porque já falei várias vezes haha Mas esse em especial... sem palavras para dizer o quanto gostei <3 Aah, e eu queria aproveitar para pedir um textinho sobre amores que começam na amizade!

    ResponderExcluir
  14. É triste ler um amor que não deu certo... Eu sou totalmente a favor de todo mundo se dar bem no amor!!

    Beijoo'os

    ResponderExcluir
  15. Que lindo!
    Parei por acaso aqui no seu blog, mas já vi que virei fã.
    Adoro textos assim, ainda mais em formato de carta.
    :)

    Beijooooooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  16. Já escrevi inúmeras cartas e não mandei
    acontece
    também me sinto assim como se tivessem escrito minha história ao contrário
    bju

    http://karinapinheiro.com.br/entre-chocolates-e-poemas/

    ResponderExcluir
  17. Meu Deussss!!! Esse é um daqueles típicos textos de tumblr que a gente só não favorita milhões de vezes porque não da!! Se um dia lançar um livro me avise pois quero ler! Queria saber me expressar assim </3

    www.meuolharmagico.com

    ResponderExcluir
  18. "e eu erraria mais um milhão de vezes se ainda tivéssemos tempo pra isso"...
    Putz!
    Escrita incrível. Uma carta que tem vida!
    Me identifiquei tanto que me confundi no meio das palavras com minha própria história.
    Incrível, incrível. Me deixou sem palavras.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  19. Olha, parabéns! Sou nova por aqui e tava dando uma volta pelos blogs por aí. Quand cheguei no seu, me perdi lendo os seus textos, nem sei em que página parei. Parabéns de verdade, você tem uma escrita muito gostosinha de ler. Achei que merecia ser dito.

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.