Nova Perspectiva

10 de janeiro de 2014

#3

Imagem retirada do site weheartit
- Você ainda tá bêbado?
- Um pouco.
- Então, amanhã você vai se arrepender de estar falando tudo isso.
- To sóbrio o suficiente para saber que te amo.
- Você me conhece há menos de vinte e quatro horas.
- Foi amor a primeira vista.
- É só paixão pós sexo, logo passa.
- Você não é nada romântica, sabia?!
- Nem você.
- To dizendo que te amo.
- Seria melhor se você dissesse que eu transo bem pra caralho, amor de mentira só faz bem pra vaidade. Além do mais você está bêbado.
- Já falei que eu to meio bêbado.
- E isso com certeza faz toda a diferença.
- Você transa bem pra caralho.
- Eu sei, mas obrigada.
- E eu?
- O que tem você?
- Transo bem?
- Muito melhor do que eu imaginava.
- Como assim?
- Não achei que fosse ser tão bom.
- Então por que veio pra minha casa?
- Acho que bebi demais, e também porque você é bonito pra porra.
- Só bonito?
- Seu papo é péssimo, me desculpe.
- Você também é bonita e se não fosse tão metida seria melhor.
- Não sou metida.
- Fala sério você é insuportavelmente metida.
- Então por que me trouxe pra sua casa?
- Além do fato de você ser bonita?
- Sim, ou me trouxe só porque sou bonita?
- Queria descobrir o que tinha além desse seu papo mamão com açúcar sobre obras de arte e livros chatos.
- Livros chatos?
- Pra cacete.
- Não acredito que você acha o meu papo mamão com açúcar.
- Você é metida, e também metida à dona da razão.
- Claro que não!
- É sim.
- Você não tem noção do que está falando.
- Ta vendo só?
- Eu não sou... ah, talvez eu seja um pouco, mas só um pouco, dona da razão demais.
- É, talvez...
- Então eu sou chata?
- Te amo.
- Para com isso...
- Com o que?
- De ficar falando que me ama.
- ...
- ...
- Aguenta mais uma?
- Você vai parar de ficar falando que me ama?
- Por que eu não posso falar que te amo?
- Porque você não me ama.
- Como você pode saber que eu não te amo?
- É que eu sou a dona da razão.
- Ta, essa foi boa.
- Tenho uma metáfora pra explicar o amor.
- Qual?
- É clichê demais.
- Mas eu quero saber.
- Promete que não vai rir?
- To bêbado, não posso te garantir nada.
- Você ta só meio bêbado.
- É verdade, to meio bêbado, mas tanto faz, fala sua teoria e eu tento me controlar.
- Ta bem, vamos lá. O amor é igual uma florzinha, para que ele nasça o solo tem que ser favorável, ou você já viu planta nascer em cimento? É, então, tem que ter alguém pra regar também, se faltar água a semente não vinga. Você não pode comprar uma semente de flor hoje e esperar que amanhã já esteja nascendo o primeiro botão. Por isso você não pode me amar.
- Então antes do amor ser amor ele é uma semente?
- Sim.
- Que alguém tem que plantar?
- É.
- E regar todo dia?
- Exatamente.
- Bem, é uma boa metáfora.
- Também acho, é minha, afinal.
- Então você tem razão.
- Quanto ao que?
- Não te amo.
- Pois é.
- Acho que eu to ficando sóbrio.
- Isso é ruim?
- Talvez.
- Por quê?
- Ta me dando sono.
- Quer que eu vá embora?
- Você pode dormir aqui, se quiser.
- Prefiro ir pra casa, tem algum telefone de táxi?
- Você ficou brava?
- Por que você me mandou embora da sua casa? Claro que não.
- Falei que você pode dormir aqui.
- Não quero.
- Para de ser tão irritante.
- Te disse que você ia se arrepender.
- Não me arrependi.
- Ta bom.
- Juro que não.
- Vou pedir um táxi.
- Fica.
- Não dá.
- Dá sim, até porquê ta tarde, eu não tenho telefone de táxi e bebi demais pra dirigir.
- Tem certeza?
- Amanhã te levo, fica tranquila.
- Ta bem, amanhã bem cedo.
- Você quem manda.
- Só porquê ta tarde.
- Tudo bem.
- Mas se você preferir eu do um jeito.
- Aguenta mais uma?
- Você não ta cansado?
- To.
- Então até amanhã.
- Até.
- Posso apagar a luz?
- Pode.
- Boa noite.
- Boa noite.
- ...
- ...
- ...
- Ta acordada?
- Uhum.
- Acho que você é a minha semente, quero plantar você e te regar todo dia.

37 comentários:

  1. Que lindo! *-* Eu adoro diálogos assim!

    Bitocas!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi,Gabi!Que delícia de diálogo!!Muito bacana mesmo!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto. Quando penso em amor mesmo, penso no texto de Coríntios treze. Curti muito xD

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi! Sempre leio os seus textos e adoro o modo que os conduz. Você escreve muito bem!

    Beeeijos!
    http://ficcionalmentereal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. E se ela não se derreteu inteira com essa última frase ela é mesmo uma metida. haha
    Gosto muito desses diálogos, gosto de imaginar que de uma forma ou de outra eles
    já aconteceram em algum lugar por ai.

    Beijos, Gabi.
    eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Mas que lindo, apaixonante e de se derreter inteira. Diálogos assim são tão lindo, amor puro.

    ResponderExcluir
  7. Ei, você escreve muuito bem *_* Amei..o final foi inesperado ahahahahhaha :)

    seguindo aqui para sempre,rs


    beeijão^^
    http://borboletametamorfoseando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. AAAh eu amie, nossa, muito legal. Porque comeca de um jeito tao real. Tipo, na vida real, a gente percebe que ta se apaixonando nos momentos mais nada a ver do universo. Quando ele tá fazendo birra ou bebado ou contando uma piada idiota.
    Olha, eu acho que nao conhecia seu blog, mas eu amei ele, meeesmo. Fiquei um tempo sem postar mas o Barrados no Baile voltou com novidades, to te esperando lá. Beijos
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabriela! Mas que belezinha de diálogo foi esse? Pensei que no final eles apenas fossem dormir e "deixar como está", mas confesso que você me surpreendeu com essa última linha! <3
    Aaaaaah, você escreve muito bem! Já no comecinho eu quis ler tudo, pra saber como terminava! Você me prendeu mesmo e vou te contar que hoje em dia é difícil achar texto bom assim! Hahahaha
    Já compartilhei no Twitter, amei, amei, amei! Escreva mais! Quero ler muitos outros :D

    Beijinhos! www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  10. Hahaha... muito bom Gabriela. Fiquei curiosa pra saber se vai dar certo, torcendo pros dois... : )

    ResponderExcluir
  11. Gabrielaaaaa!!!! Que poha de texto foi esse? ??????? Coisa linda de se ler!!!!! Amei mil vezes esse final ♡♡♡♡♡♥

    ResponderExcluir
  12. Que demaaaaaais. Foi você mesma que escreveu? Achei encantador. Nem esperava por esse fim. Hahaha. Adorei. :D

    http://www.nahboa.com/

    ResponderExcluir
  13. oh meu deus... eu cheguei no final pensando 'não creio que vai acabar assim, com eles dando boa noite'. aí li a última frase e meio que MORRI DE FOFURA hahahahahaa

    que lindo, Gabiiii *-*

    eu prefiro mil vezes diálogos do que descrições. e você sabe muito bem escrever um!

    beijinho!

    ResponderExcluir
  14. Adoro diálogos, e o seu ficou muito bom, nem acredito que foi você escreveu, ficou ótimo!

    http://blogpalomabrito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. adorei o texto, você tem talento...
    Queria eu saber escrever assim, já pensou em escrever um livro?
    http://geysecofferri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. O que impede o amor à primeira vista e o amor que vem com o tempo de existirem simultaneamente, não é mesmo? Seu texto (incrível) deixou bem claro que isso é possível, sim. Com um amor à primeira vista meio bêbado, apressado e sensual, mas que tem tudo para virar uma história digna de filme de romance!

    Beijos ♥ Jeito Único

    ResponderExcluir
  17. Que diálogo inusitado, mas naturalmente possível. Gostei do encaixe dos dois. Há uma cumplicidade nas falas, mesmo que provocativas. Bem legal! Gostei do fim!!

    Tua arrasou Gabi!

    Beijo!!

    ResponderExcluir
  18. Adoro ler diálogos, acho que é o meu tipo de leitura preferida, haha. Achei incrível seu texto, e a metáfora então? Perfeita, acredito em cada palavra. Acho que esse diálogo merece ter continuação, tipo uma websérie, me parece muito que seria de comédia romântica, adorei! Gostei bastante também da frase 'amor de mentira só faz bem pra vaidade', e é verdade.

    ResponderExcluir
  19. Ui ui ui que diálogo mais perfeito,tá lindissima esta postagem!! Super adorei e me encantei. Quero desejar-te um excelente ano de 2014,tudo de bom para ti,muitos beijinhos,fica com deus e até breve!! Visita o meu blogue,vais gostar imenso,penso eu!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  20. É diferente dos que eu já li por aí, meio que suspense e acaba surpreendendo a gente, super talentosa.
    Bjo ;)
    Meu Mundo Em Transição

    ResponderExcluir
  21. muito bom ver esses textos/dialogos quando to meio pra baixo ou nastalgica hahah ): seguindo!

    idiomafashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Ah, que fofinho *-* Pior que é bem assim, ultimamente já saem dizendo eu te amo no primeiro beijo, como se amor não precisasse de mais que um rostinho bonito. Amor a gente conquista dia após dia!
    Beiijo,
    Vic ( santaironia.com )

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto de textos com diálogos. Sabia que mts pessoas tem neles a maior dificuldade para escrever. E vc fez isso mt bem, em um conto super lindo. Adorei.

    ResponderExcluir
  24. Tem continuação??? Diz que tem vai?rs Mais com um final feliz por favor! rs
    Tipo assim, aí depois de 4 meses a mocinha se rende aos encantos do mocinho, tem 2 filhos e são felizes para sempre! rs
    É eu sei, sou cafona!

    Beeeeeeeeeijos
    pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Que lindo! Diálogo perfeito. Parece ser muito real e esse tipo de coisa acontece bastante: pessoas que se conhecem em um dia e, logo em seguida, transam. Amo histórias de dois jovens (que é o que parece) desse jeito: que implicam um com um outro, mas que no fundo se amam. E eles se amam, né? hushuashuas. Tem que ter continuação!!!

    jessica do donaurbana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Só eu que tenho medo de pessoas que dizem "eu te amo" em seguida que se conhecem?kk Sério, eu sempre fico pensando que a pessoa possa ter algum problema psicológico, ou falta de amor próprio, ou qualquer coisa do tipo kk Lógico que quando se está bêbado a situação é um pouco diferente kkk Adorei o texto, ficou ótimo!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  27. A bebida entra e o eu te amo sai. Virou clichê já.
    Diálogo sensacional, que se encaixa na vida de muitas pessoas. Um sexo casual que pode virar algo mais, ou render um papo legal, um novo jeito de olhar o mundo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Porque é tão difícil encontrar pessoas que escrevam assim? Que não tenham medo de escrever palavrão no blog, que consigam fazer com que um diálogo, pela vista, longo, fique pequeno demais quando lido? E que, bem, esse seria apenas um diálogo, certo? Mas mais parece um trecho de um livro e, o pior, é que eu nunca havia lido algo parecido em um livro... ok, talvez umas duas vezes, só. Mas a questão é que isso quis dizer muito mais do que você escreveu, entende? Eu sei que tá confuso, mas vamos direto ao ponto: parabéns! Assim que terminar de escrever esse comentário vou lá ler os outros sete diálogos, porque, sinceramente, isso é demais. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  29. Nossa, fiquei numa melancolia enorme o texto inteiro, imaginando o desconforto deles dois. Mas aí o final... ufa. hehehe
    Beijo!

    ResponderExcluir
  30. Que diálogo mais apaixonante de se ler. Fiquei aqui imaginando a cena dessa conversa. Muito bonito! Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Aaaaai que coisa mais linda! Tava com raiva desse cara mas me apaixonei por ele no final!

    Beijos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  32. Diálogo querido e bonito, sem ser melodramático! Curti!

    ResponderExcluir
  33. A vida é mesmo essa pausa para diálogos.
    Você amarrou bem o final.

    ResponderExcluir
  34. Está ai um post que tive que repassar para inúmeros amigos que puderam se identificar em algo especifico. Lindo blog... sério.

    bises,
    http://trezedigitos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Primeiro que seu blog é muito lindo, já tô seguindo.
    Fui lendo os textos e, caramba, que tudo esse diálogo. Sou apaixonada por diálogos assim verdadeiros e esse casalzinho me ganhou. Imaginei cada detalhe, cada palavra, o bate-volta... Perfeito! Final adorável. Parabéns!!!

    querido-diari1.blogpost.com

    ResponderExcluir
  36. Que perfeito! Eu pensava que escrevia bem até ler esse texto <3

    www.thesoledade.com

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.