Nova Perspectiva

7 de fevereiro de 2013

Goodbye, baby.

Via reprodução
Por muito tempo eu esperei você notar que eu era a mulher certa, por anos eu sobrevivi na espera de viver uma vida ao seu lado, quis tanto ser sua que esqueci de ser minha, fantasiei castelos e dragões na esperança de participar ao seu lado de uma história digna do Oscar de melhor roteiro, mas não saímos nem mesmo no cinema, filme clichê não ganha prêmio, história sem final não chega nem a concorrer, mas é que na vida real alguns romances acabam no meio, sem desfecho, sem felizes para sempre, fomos mais um caso entre tantos outros que ficaram empacados na estante dos desamores, abandonados ao acaso de um futuro incerto, nos perdemos nessa tentativa tosca de jogar com o amor, nos desencontramos em uma dessas esquinas sem placas que a vida enfia no meio da gente, montamos entre nós um muro e nos fechamos em nossos caminhos, você trilhou uma estrada mais bonita, reconstruiu uma vida sem deixar espaço para mim, colocou ao seu lado alguém que tem mais a sua cara e apagou da mente aquilo que por muito tempo eu lutei para não esquecer, enquanto você construía sua nova vida eu aguardava o seu retorno como se em um passe de mágica tudo fosse dar certo, mas a vida não é um faz de conta e não podemos comandar os desejos alheios, doeu demais esperar por alguém que não veio nunca, doeu tanto que eu achei que morreria, mas não ó, to aqui vivinha com o coração pronto para amar de novo, demorou muito, mas eu aprendi que andar pra trás é desperdício e que seguir em frente é a melhor opção, mesmo que pra isso seja necessário desatar certos nós, e eu desatei você de mim, ontem eu deixei escrito no espelho “vai ser feliz menina” e dessa vez eu fui mesmo.

18 comentários:

  1. Amei o texto! Que lindo sério, tem tanto sentimento nele, lembrei de mim em uma situação semelhante,inclusive estou vivendo ela agora...
    Mas é muito bom não sentir mais a necessidade de "ter a pessoa perto" depois de tanto tempo sofrendo por alguém que na verdade talvez nunca tenha realmente se importado com você!
    Adorei, e parabéns você escreve muito bem.
    E quanto ao seu filme não ter sido digno de oscar... Olha, perdi a conta de quantos "filmes" dignos de oscar eu já achei que veria e acabou que eles não chegaram nem se quer a ser histórias dignas de um documentário que fosse... Enfim..

    Beijos
    http://pleonasmosentimental.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Com certeza a parte mai difícil é desatar alguém de nós. Garota, você escreve muito bem, parabéns mesmo. Esses sonhos que a gente agarra, esperar por outra pessoa, esperar que uma ora ou outra as pontas da costura vão se encontrar... Pior mesmo é quando a costura termina, descostura, mas não se encontra. Eu disse pior? Pensando bem, pode ter sido melhor, e como você mesma disse eu repito: Vai ser feliz menina, da forma melhor que você souber!

    Beijão, Gabi.

    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. É sempre necessário seguir, por mais que demore :)

    ResponderExcluir
  4. Pensei que eu fosse a única que ainda escrevesse no espelho!
    Amei o texto pra variar, né.

    ResponderExcluir
  5. Não se pode abandonar-se, não é Gabriela?
    Belas linhas sentimentais!

    ResponderExcluir
  6. Pois é, Gabi. É difícil desatar nossos nós, mas sempre necessário... Me vi nessa personagem, não apenas no ocorrido, mas no encontro consigo mesma. Como sempre, é uma beleza te ler aqui.

    Beijos,
    http://eppifania.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. o problema é que a gente cria expectativas demais...se entrega demais...e não recebe nada em troca :T

    ResponderExcluir
  8. E o lindo está em seguir adiante, porque se passado fosse bom seria presente. Muitas de nós estamos precisando deixar recados como este escritos no espelho, porque, na verdade, não merecem o sentimento que carregamos no peito. Fazia tempo que não lia teus textos, o tempo anda curtíssimo, mas eles continuam lindos e cheios de identidade com quem lê, como eu. Beijão Gabi!

    ResponderExcluir
  9. uma maravilha o teu texto. incrível como a gente espera que no fundo a pessoa x dê conta de que somos tão especiais.

    enfim, texto inspirador. :)

    ResponderExcluir
  10. " eu aprendi que andar pra trás é desperdício e que seguir em frente é a melhor opção mesmo que pra isso seja necessário desatar certos nós"

    Eu já aprendi isso em outras áreas, esta faltando no amor, chorei lendo esse texto,quando tu veres o meu vai entender.
    Mas seguir em frente é essencial, é difícil no início mas vale a pena o esforço. A recompensa que vem depois é maravilhosa!
    Permita-se sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi coisa linda! Tinha desativado meu blog, ativei e coloquei seu blog na lista dos que mais gosto, hehe, confere lá depois!
    Cheiro!

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo blog... Vou seguir ;)
    Andreia Gomes
    http://momentos-e-desabafos.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  13. "nos desencontramos em uma dessas esquinas sem placas que a vida enfia no meio da gente"!
    A frase que descreve meus mais profundos sentimentos hoje, agora!
    Adorei ter passado aqui!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Adorei aqui! Lindo texto... Seguir em frente sempre é a melhor opção... O passado nada nos trás quando doloroso...
    ''Quis tanto ser sua que me esqueci de ser minha'' É duro quando nos deixamos em segundo plano... Acho que tudo em que ser bem equilibrado! Adorei de verdade o texto! Simples, rápido e bem real.
    Parabéns! Já estou seguindo! Espero que goste de poesia, hahahaha... Beijos! ;*
    http://www.pridotta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Havia visto esse texto seu essa semana, li e simplesmente não comentei na hora. Muitas pessoas passam por situações como essa, e continuam teclando na mesma tecla. Eu me vi no texto, como provavelmente muitas garotas também. Está acontecendo com uma amiga minha. E a gente tem que seguir em frente e ser feliz e parar de desperdiçar o nosso tempo por quem não merece, por mais que às vezes dê bons textos. E simplesmente adorei o layout do blog. Adoro aqui *-*

    ResponderExcluir
  16. Por maior que seja a dor da desilusão, há que voltar a tentar sempre.
    É difícil desatar alguém de nós, é difícil voltar a confiar, mas é tão bom quando se tenta e consegue!
    O segredo é não deixar de acreditar, nunca, no amor.

    Obrigada pela visita,
    beijinho
    Sónia

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.