Nova Perspectiva

19 de outubro de 2012

Sinto sua falta, amigo.

Via reprodução
Você era o meu melhor amigo, estávamos sempre juntos, ninguém abalava a nossa amizade e eu achava que aquilo que nós tínhamos seria para sempre, o que foi que mudou entre nós? Agora você caminha de um lado da calçada com seus novos amigos que combinam perfeitamente com o seu novo estilo de vida e eu estou do outro lado com essa turminha que parece meio água com açúcar. Você me encara e eu sinto seu olhar penetrar em mim como um punhado de agulhas grossas, não consigo fitar seus olhos porque algo aqui dentro está me matando, será que isso foi só culpa sua? Ou será que eu também tive culpa?
Seus amigos param um pouco mais á frente para lhe esperar, minhas amigas continuam andando até notarem que eu também fiquei. Eu sei que estou olhando para você, mas não te vejo, porque você não está lá, quem habita esse corpo é um garoto meio pobre de alma, de papo, de amor, é um alguém que descobriu um caminho sem volta com essa gente sem graça, não temos mais nada a ver um com o outro, nem mesmo a nossa tão grandiosa e inabalável amizade, só que agora te olhando desse jeito eu sinto uma vontade imensa de correr até você e te tirar do meio dessa calçada, te levar para minha casa e dar-te uns bons puxões de orelha, porque você está precisando ouvir um bocado, garoto, fico te olhando com medo de encarar seus olhos e ver o meu amigo preso dentro dessa vermelhidão, porque eu sei que ele está escondido em algum lugar aí, meus braços estão implorando por um daqueles abraços apertados que só ele sabia me dar, por aquele cafuné meio sem jeito e aquelas piadas que me faziam rir até doer a barriga de tão sem graça que eram, sinto vontade de te levar pra casa e fazer você me jurar que voltará a ser o mesmo e que esse cara que tá ai parado no outro lado da rua nunca mais vai tomar o seu lugar, é que eu sinto uma falta tão grande de poder ficar com você, mesmo que em silêncio, porque eu me sentia segura quando estávamos juntos e agora o mundo tem me parecido assustador.
Você prometeu que nunca ia embora, porque não está aqui agora? Eu preciso de você, e preciso que você também precise de mim. Seus amigos gritam seu nome, abaixo a cabeça, sinto que seus olhos já não me encaram mais, você se foi junto com eles e eu fiquei aqui, com essa vontade filha da mãe de fazer tudo voltar a ser como um dia foi. Porque aquilo que eu achei que jamais perderíamos valia muito mais do que esse caminho que cada um seguiu.
Psiu, eu sinto sua falta.

8 comentários:

  1. Fui obrigada a mostrar esse texto pros meus amigos, lindo demais :(
    Adorei a postagem amr
    Boa sexta!
    Bjinhos
    http://laialisafa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito este texto. Eu identifico-me sempre com o que tu escreves. Tu tens um dom, moça! Um dom incrivel.

    soentrenosmulheres.co.cc

    ResponderExcluir
  3. Mais o texto é doce, verdadeiro até. E uma verdade sobre esse tal para sempre, é que ele sempre acaba.

    E sim, algumas pessoas tem esse "dom" de trocar de amigos rapidinho, é uma maneira de selecionarem quem não conta mais na vida deles. Se eles não precisam mais, não tem porque continuar. Mais o que essas pessoas não sabem é que, amizade não é só mil maravilhas, e por isso vivem trocando os velhos amigos, por colegas temporário, e no final, o que é temporário não permanece, não é mesmo.

    Bjws, até breve;

    ResponderExcluir
  4. A gente acredita que promessas podem ser cumpridas... É triste ver uma pessoa mudar sem poder fazer muita coisa pra que as coisas voltem a ser como antes, é péssimo perder um amizade. Texto ótimo.

    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. É muito triste perder um amigo, principalmente quando ele muda repentinamente de "estilo". Aconteceu com uma amiga minha e eu sinto muito a falta dela. Espero que um dia seu amigo perceba que está deixando de lado uma pessoa que realmente se importa com ele.

    Pitorescamente

    ResponderExcluir
  6. Eu também sinto falta de vários momentos junto das pessoas que fizeram com que eu mudasse de um forma ou de outra, mas infelizmente, as nossas vidas tomaram rumos diferentes e com certeza o tempo trará pessoas parecidas, para alegrar a nossa vida ainda mais e nos ensinar um pouco mais do que nos falta sobe amizade.

    Saudades daqui, beijo

    ResponderExcluir
  7. Realmente, tem amizades que se vão que nos deixam uma imensa saudade. Quase chorei lendo esse texto rsrs. Andei passando por coisas parecidas, talvez piores, mas enfim...
    belo texto.
    bjus ;*

    ResponderExcluir
  8. CARAMBA, não conhecia teu blog, mas amei! E foi eu rolar um pouquinho a página que achei um texto- esse- que diz exatamente tudo o que está entalado na minha garganta. Tenho um texto desse tipo salvo no meus rascunhos e to sem coragem de postar:/

    Beijos,
    santaironia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.