Nova Perspectiva

1 de julho de 2012

Sobre o quanto quero você.

Via reprodução
Eu queria estar com você hoje, tenho sentido tanta saudades dos planos que fiz para nós, queria te ligar, ouvir sua voz, escutar sua respiração, dizer que eu to com a saudades esmagando o peito, te pedir pra tocar aqui em casa, pra assistir a novela comigo, queria te mostrar o caco que tá meu coração. Queria ir até a sua casa, pra rir com você das coisas bobas da vida, queria que você me pegasse no colo e me beijasse forte, para eu sentir sua mão na minha cintura me puxando para mais perto de ti, queria aquele ar de perigo reinando na nossa história de novo, acordar com uma ligação sua no meio da noite dizendo que sonhou comigo, porque eu tenho sonhado muito contigo, queria poder apagar os erros, as brigas e as despedidas, queria que fossemos só reencontros, encontros.
Queria que você largasse ela, que falasse que não gosta dos meus novos amigos, que me chamasse de sua, queria um pedido de desculpas e uma promessa sincera de que ainda vamos dar certo. Queria seus dedos nos meus, seus lábios em mim, meu cheiro em você. Queria abrir os olhos e  te ver parado com aquele seu sorriso de orelha a orelha. Queria você cantando Nando Reis em uma tarde ensolarada, lembra? Queria que não fossemos só lembranças, queria que fossemos presente, futuro; que fossemos eternos.
Queria acreditar que você vai voltar, algum dia, qualquer dia, só para dizer que sente falta desse meu jeito bobo de ser, para eu te contar que esperei esse tempo todo e que esperaria todas as minhas vidas para poder te abraçar mais uma vez. Queria que nós não tivéssemos crescidos e que ainda fossemos aquelas duas crianças brincando de amar. Queria ainda ter a esperança que eu tinha em nós, queria ficar horas conversando com você. Queria seu beijo, seu cheiro, seu gosto. Queria que todo esse quereres pudesse ser, mas não é, não foi.

15 comentários:

  1. "Queria que todo esse querer pudesse ser, mas não é, não foi, são só quereres." - eu também queria...
    Muito, muito lindo!

    ResponderExcluir
  2. Lindo!! Quando se quer algo, tanto tanto que não cabe em si, dá nisso, lindas palavras!
    Beijos linda semana pra ti!
    Pri
    http://www.metamorfoseparalela.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Pode ser que o querer se torne realidade. Continue querendo! Beijos, senhorita :)

    ResponderExcluir
  4. É como dizem: "Querer não é poder."
    E por mais que isso doa, devemos aceitar os fatos!
    Lindo texto. :D

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Às vezes parece que queremos tanto, tudo, muito, não é? :/

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  6. As vezes a gente quer tanto uma coisa... Mas é a coisa errada sabe?!
    Mas eu entendo, porque eu ja quis tudo isso também...

    Um grande beijo Ga! :*

    ResponderExcluir
  7. E como dói quando a saudade faz aparecer esses desejos em nós, não é?

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que lindo, me vi em tantos versos deste texto. Eu ainda tenho essa esperança do nós e não quero perdê-la.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Me identifiquei legal... nossa!

    AMEI a fonte e a estética dos títulos! O blog todo, mas essa parte me chamou mais a atenção hehe

    ResponderExcluir
  10. É duro como a gente sempre se lembra daquelas coisas mínimas e simples depois que um relacionamento termina, são as coisas que a gente mais sente falta. É péssimo quando alguém que a gente gosta simplesmente não quer fazer valer o que os dois têm. Texto bacana! :)

    ---
    Fui atropelada sim. O ônibus estava parado e na hora que eu pisei no primeiro degrau para subir, o motorista fechou a porta e deu partida e, como estava chovendo, escorreguei e caí no chão e a roda traseira passou por cima do meu tornozelo. :s

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  11. Muito lindo o texto!
    De tocar no fundo da alma!

    ResponderExcluir
  12. Pois é Gabi, eu também queria muito, muito ele aqui comigo novamente, mesmo depois de um enorme tempo que já se passou entre nós, mas a gente sabe que querer nem sempre é poder né?

    Adorei o post lindaa. Bjs mil. ;*

    ResponderExcluir
  13. Pois é, seria bom se tudo o que nós desejamos de coração se tornasse realidade, mas infelizmente, nem sempre é assim. :(

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Me achei no texto inteiro, porque é sempre muito difícil querer tanto ele e saber que ele já nem quer mais, ou talvez até queira mas não se importa em demostrar...

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.