Nova Perspectiva

12 de outubro de 2011

Anota aí


Você está triste moça, não está? Não precisa mentir pra mim, eu estou vendo, esse sorriso falso não esconde seu olhar triste, você quer voltar, eu sei, mas te juro que esse aperto no peito é normal, é coisa que passa, quando você menos esperar vai estar tudo bem, tem que ser assim, escuta o que eu te falo, não era pra ser, nunca foi, você tentou demais, o quebra-cabeça estava certo, errado eram as peças, agora deixe o tempo ajeitar tudo e esqueça, faça apenas isso, esqueça o que deu errado, esqueça o que não foi, esqueça o que deixou de ser, esqueça que o tempo trata de apagar.

Só me escute, uma vez na vida preste atenção no que te falo, limpa o rosto, fecha os olhos, escreve isso que te direi em um papelzinho e guarda contigo: Moça, existem coisas que não podem ficar com você, porque simplesmente não foram feitas para ser sua. Livre-se do que não é seu e então deixe-o ir sem lágrimas presas e dores engasgadas, deixe-o ir, porque ele nunca pediu para ficar e mesmo assim você foi deixando ele entrar e deitar no seu sofá da sala, ocupando o espaço que não era pra ele ocupar, foi deixando ele sair e voltar, foi deixando ele fazer falta, foi deixando e já deixou demais, agora chega, porque ele se foi e não vai voltar mais, ele não vai ocupar esse espaço que ficou vazio e nem deitar no seu sofá com o tênis em cima das suas almofadas de liquidação, ele se foi pra sempre, porque já era hora de dizer adeus, é assim, moça, o que não é nosso uma hora vai embora.

21 comentários:

  1. Gostei do texto. Expressou bem o que eu tenho vivido.
    Meus parabéns, seu blog é lindo!

    ResponderExcluir
  2. Na vida há apenas fases e todas elas sempre passam...Um dia me disseram algo: "O sol sempre volta a nascer"!Adorei o texto e toda a intensidade descrita!

    Abraços

    psrecuerdame.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Como é difícil praticar o desapego!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Só quem nos gosta realmente nos confronta com a verdade. Fato.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. É tão difícil simplesmente entender que algo que você ama muito nunca mais vai ser seu, que algumas coisas jamais voltam. Há moça... é tão difícil...!!!

    ResponderExcluir
  6. a gente precisa a prender a arte do desapego né?
    É dificil a beça.

    adorei seu blog e estou ficando bjs

    ResponderExcluir
  7. :O mtooo bom!!

    O engraçado é que escrevi algo no mesmo sentido tempos atras, me fez lembrar kk

    parabens mesmoo!!

    ResponderExcluir
  8. O que foi não era pra ser, mas dá um medo danado do desapego. Sei lá sabe. Lindo lindo *-* bj

    ResponderExcluir
  9. Preciso dizer mais alguma coisa?!
    #Evidências!

    ResponderExcluir
  10. Fica um vazio que será preenchido em breve por coisas novas e mais saudáveis a você.
    Tudo que vai embora é para a chegada de algo melhor. :D

    Um beijo e volte logo.

    ResponderExcluir
  11. Deixe o ir, pois repito (eu acho) a dizer que o que realmente é nosso não se vai pra sempre. E se tiver de voltar, irá voltar. Escreva um conto sim, adoraria ler. Um beijo!

    ResponderExcluir
  12. É verdade!Aquilo que não te pertence não deve ficar com você,então deixe que vá...

    Quero ver o conto novo!!Escreve mesmo,tá?!!

    Beijãoo!!

    ResponderExcluir
  13. É tão difícil deixarmos ir o que não é nosso. Eu me pergunto: pq somos assim ein?
    Belíssimo texto, flor :}

    ResponderExcluir
  14. ei Dona Gabriela, o amor te pegou de jeito né? E pelo jeito ele não está sendo tão bondoso com você, pelo contrário, está te fazendo sofrer.

    se apega nas coisas boas, tenta ocupar a cabeça e fugir de filmes românticas ou música do tipo. umas boas aulas de boxe, pra descontar a raiva talvez fossem boas - acredite! funciona! eu juro! rs

    Beijos e melhoras

    ResponderExcluir
  15. Eu com certeza estava com saudades daqui. E agora que você disse que irá preparar um conto, voltarei pra conferir, você escreve contos e tudo mais lindamente gabs!

    (F)

    http://amar-go.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Me veio na cabeça aquela frase de Kerouac: Aceite as perdas para sempre.
    Eu jamais aceitei essa frase, eu sempre fui teimosa, mas uma hora como machado de assis disse, algo a força da repetição acaba por ficar incrustado... e hoje eu percebo que algumas coisas sempre vem para partir, essa é sua missão.

    Lindo texto Gabi, intenso, firme, tão meu momento!
    Você é maravilhosa no que escreve!

    ps: obrigada sempre pelo carinho em meu blog querida!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. lindas palavras. otimo conselho.. que com certeza ajuda muito quando passamos por isso.

    ResponderExcluir
  18. O bom é ter a consciência de que tudo passa :)

    Sorte! =**

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.