Nova Perspectiva

11 de setembro de 2011

Ah, Zé.

Via reprodução
Eu ando tão mal Zé, a saudades destrói você. Sabe o que é? Aquele sorriso bobo me faz falta, aquele olhar de quem esconde o segredo do mundo, Zé, não saí da minha cabeça, outro dia eu estava olhando o número dele e tive vontade de ligar para dizer que eu estou com saudades, que eu queria ficar ouvindo a respiração dele do outro lado da linha até que eu pegasse no sono, pensei em dizer que talvez a gente pudesse se encontrar só para jogar algumas palavras fora, ou então ficarmos quietos olhando um para o outro.

Faz tanto tempo que não o vejo, Zé, será que ele cortou o cabelo? Será que ele ainda tem aquela coleção dos beatles? Será que ainda lembra de mim? Hein, Zé? Será que ele já achou outra? Talvez uma daquelas modelos de revista, uma loira com um corpaço, que não entende nada de filosofia e só quer uma noitada boa com um cara bonito. Será que ele tá bem, Zé? Ou será que ele também está com essa merda de saudades matando-o por dentro? Você ainda está ai, Zé? To te irritando com esse papinho-de-mulher-apaixonada? Eu sei que é chato, mas desculpa, Zé, desculpa por sentir demais.

23 comentários:

  1. Tenha um ótimo começo de semana para ti, (:
    Beijos $:

    ResponderExcluir
  2. A Gabi, sofra tudo, chore o mundo, um dia tu vai sair dessa e no momento certo vai deixar essa dor ir..

    Sorte! :)

    ResponderExcluir
  3. E quando a saudade aperta, só contando com um Zé pra desabafar mesmo. Te entendo, tem dias que realmente são só saudades...

    ResponderExcluir
  4. Gabi,sinto muito pelo o que esta passando.
    Mas se precisa de tempo,nós aqui do blog estamos de total apoio e lhe desejamos sorte.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi, sem bem o quanto esse sentimento nos destrói, mas não se preocupa se não passar você vai aprender a lidar com ele. O problema é que talvez você não queria ter que lidar com ele, queira apenas o que tinha de volta.
    Essa música cai perfeitamente bem para esse seu momento, escute-a você vai gostar: http://www.youtube.com/watch?v=XNL4WjqTahk&feature=fvsr
    Carinhosamente, B.P.

    ResponderExcluir
  6. É, sei não, paresse que saudade nunca foi questão de tempo, e cada vez que passa sentimos mais dela. Melhoras Gabriela !

    ResponderExcluir
  7. E quando se encontrar, volte. Às vezes o tempo ajuda nisso.
    ;***

    ResponderExcluir
  8. Acho que se saber meio perdida é uma forma de se encontrar também... =]

    ResponderExcluir
  9. Saudade sempre vai existir, ainda mais por um Zé que marca tanto em sua passagem. Quem sabe você se encontre com o Zé. Ou melhor, quem sabe apareça um Jão em breve.

    Gabi, te indiquei em um selo no blog (:

    ResponderExcluir
  10. Gabi, passei aqui apenas para deixar um beijo e um abraço bem enorme pra você.
    Se cuida!

    ResponderExcluir
  11. É ruim não saber, a alma se torna aparentemente menor do que já está. Mais passa, e realmente se encontre em você. Adorei a colocação do "zé" no texto. Adorável, um beijo.

    ResponderExcluir
  12. Encontrar-se em si mesmo é necessário. Quanto as saudades... é inevitável.
    As vezes se esvai em uma semana, um mes, um ano... uma vida.
    A questão é o que fazer com as saudades que se sente!
    Fique bem, querida.

    Ah, me desculpe a ausência, as coisas andam bastante complicadas por aqui! Mas a visitarei sempre que possível.

    Beijos, G.
    www.2pitadasdesal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Essa saudade parece sempre estar por perto.

    http://attraversiamodiciotto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. "Vomita" toda essa saudade...até ela ir embora,quem sabe...

    Eu também estou numa fase de querer se encontrar.Então te falo,fica bem que a gente te entende e te espera com saudades!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. ai meu Deus, que amor sofrido. Eu sinto tanto, porque já senti isso tudo e só espero que as coisas melhorem.

    só lembro de uma música da Luiza Possi, Desenganos, que diz "acreditei quando disseram que o tempo cura, qualquer dor..."

    Espero que você fique bem.

    ResponderExcluir
  16. É bem o que muitos comentaram, no momento certo isso vai passar. Estava a algum tempo sem vir aqui, mas continua lindo, com textos incríveis.

    Ah Zé's...

    http://amar-go.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. É bem o que muitos comentaram, no momento certo isso vai passar. Estava a algum tempo sem vir aqui, mas continua lindo, com textos incríveis.

    Ah Zé's...

    http://amar-go.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Ai mulheres,
    acho que todas nós temos um amigo "Zé"...
    Com o tempo isso passa, volta e meia tbm estou assim ;/

    ResponderExcluir
  19. A saudade rasga agente feito faca afiada,não é?
    Mas fazer o que..

    ResponderExcluir
  20. Eu chorei,me doeu Gabi. Caramba, sei lá sabe. Agora revirou tudo aqui dentro. Tá tudo um bagaço desde semana passada e ler isso. Caramba, como dói. Saudade dói.
    Até.

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.