Nova Perspectiva

27 de janeiro de 2011

O fruto do pecado - parte 9

O silêncio continuou por horas, ninguém saiu da casa, Paulo neste meio tempo levantou-se e foi para perto da mulher que se afastou um pouco, Júlia e Leonardo continuaram abraçados e Rita sentada com a cabeça entre as mãos.
O bebe passou a se mexer por diversas vezes.
Ouve mais dois incidentes no tapete.
O odor que cercava a sala não era agradável.
Júlia passou a entender de fato toda aquela situação.
Paulo também e os outros também.
Quem quebrou o silêncio foi a própria Júlia já com as pernas cansadas de ficar em pé.
- Chega. - Falou afastando-se de Leonardo e caminhando até a varanda com o casal. Todos a olharam. - Não me interessa o que vão fazer quanto ao casamento de vocês, não me interessa o que estão pensando. - Agora Leonardo estava atrás dela.- Não quero mais saber de vocês, o que me importa agora é o meu filho e por ele farei o que é certo.
- E o que você vai fazer? - Falou Paulo dirigindo-se pela primeira vez a Júlia.
- Você não precisa nem olhar para ele, não quero que vá a minha casa e nem que o pegue nos finais de semana, mas eu quero o seu nome na certidão de nascimento e o que ele tiver direito, escola, alimentação e tudo o que o juiz determinar.
- Será como um contrato? - Perguntou Esther.
- Exato, ele dará o que o meu filho tem direito, não quero mais nada alem disso.
- Sem contato com isso daí? - Disse Paulo referindo-se a criança.
- Sem contato com o meu filho, é obvio.
- Parece bom para mim. - Falou Esther aproximando-se da menina.
- Parece. Mas e os outros?
- Não me interessa os outros, deixe que eles falem, não terão certeza de nada.
- Está certo. - Paulo tocou a mão da mulher. - Marque com o seu advogado e me avise, quero acabar logo com isso.
- Ótimo. - A mão da garota tocou a de Leonardo apertando-a com força. - Entraremos em contato.
Os três saíram da casa e caminharam em silêncio, foi Rita quem abriu a porta de madeira, Júlia subiu para o quarto deixando os dois na sala. Ela havia feito a coisa certa e sabia disso, mas o que ela realmente queria era não ter que olhar novamente para Paulo.
Um coração despedaçado.
Um orgulho ferido.
A menina começou a aprender cedo o que os pais fazem pelos filhos e foi isto que fez ela não se arrepender da decisão.
- Você está bem? - Falo Leonardo entrando no quarto da garota.
- Não. - Os olhos de Júlia estavam inchados de lágrimas.
- Vai ficar tudo bem Jú, eu sei que vai.
Leonardo caminhou até a amiga e a abraçou, Júlia deitou a cabeça no peito do garoto e foi desta maneira que eles passaram a noite.
O céu estava ensolarado e o relógio marcava meio dia quando Júlia acordou.


Contina

13 comentários:

  1. Uou! Tomou a postura certa a garota! ^^
    Agora só falta ficar com o Leonardo (qualé, eu gosto de finais felizes, hehe)

    Continua, logoooo *---*
    Beijo =*

    ResponderExcluir
  2. é bom o Leonardo ficar com ela viu. SHAHUSHAHUS
    senão vou ficar decepcionada :(

    ResponderExcluir
  3. KAralho esse Paulo é muito filha da puta xD....

    ResponderExcluir
  4. 'Um coração despedaçado. Um orgulho ferido.
    A menina começou a aprender cedo o que os pais fazem pelos filhos e foi isto que fez ela não se arrepender da decisão.'

    Eu estou sofrendo junto com essa menina :S

    *
    *


    Apesar de ser tão nova tomou uma sabia decisão, aquele tipo de homem não carece de sentimentos, então que ele arque pelo menos com as despesas do filho.

    Bjs Gabii, ja to ficando triste porque ta acabando.

    ResponderExcluir
  5. A cada parte eu sofro com ela, cadê um final feliz? HAHAHA.
    Beijos.
    Adorando.

    ResponderExcluir
  6. Finalmente ela fez alguma coisa certa.
    E esse amigo dela? que meigo :)

    Adorando cada vez mais.
    Beijo *-*

    ResponderExcluir
  7. Finalmente ela fez alguma coisa certa +1
    Invejinha dela por ter um amigo assim mimimi D:
    Espero que tudo tenha se resolvido com esse acordo, enfim né rs
    Bgs :*

    ResponderExcluir
  8. Ainda não cheguei na parte nove, mais queria dizer que você escreve muito estou adorando sua historia. Parabéns

    ResponderExcluir
  9. Gabs, tem um selo especial em meu blog pra ti:

    http://amar-go.blogspot.com/p/presentes-selos.html

    Espero que goste :*

    ResponderExcluir
  10. Te dei um selo.
    http://diariodeumacanceriana.blogspot.com/

    Parabéns pelo blog.

    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Ela fez o certo, o que o coração mandou, mesmo ainda machucada com toda a história.
    ;*

    ResponderExcluir
  12. Amo contos...
    Adoreiiiiiiiiii seu blog...
    Tão íntimo...
    Gostaria de te convidar para o meu cantinho...
    http://cronicasdeanjos.blogspot.com/
    Adoreria te ver por lá...
    bjs*

    ResponderExcluir

"A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar." — Antoine de Saint-Exupéry — Cative-me.